Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma grande mulher

por Bad Girl, em 25.08.07

Já aqui disse, e repeti que sou agnóstica. Teísta, mas agnóstica. Os meus pais são católicos, mas nunca me obrigaram a nada. Respeitam-me, às vezes a algum custo pelas minhas intensas manifestações de revolta contra jogos, esquemas e interesses que rodeiam o político e o financeiro que caracterizam a religião. Apesar de todas as críticas que não hesito em debitar sobre as várias religiões, nomeadamente a católica, há uma pessoa que eu sempre admirei. Porque os seus actos falavam por si, porque ela era assim, independentemente da fé católica. Ela era grande, generosa e plena de carácter. A sua postura era assim porque ela quis ser assim. A sua vida foi assim, porque ela quis que assim fosse. Apesar de tudo isto, não deixou de ser com alguma admiração que ouvi na CNN que ela foi durante muito tempo atormentada por crises de fé. E isso não me chocou. Não me desapontou. Pelo contrário. Só alguém com um coração do tamanho do Mundo consegue ser capaz de fazer tudo o que ela fez, mesmo duvidando a existência do seu Deus, da alma, ou de um lugarzinho no céu com vista para a nuvem 9. Só alguém que acredita veemente naquilo que faz está em posição de colocar tudo em causa. Madre Teresa de Calcutá merece o tal lugar no céu.
E pronto, depois deste belo parêntesis no blog, ele voltará às suas lides maldosas e malvadas no decorrer da emissão.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De n a 27.08.2007 às 04:12

"Só alguém que acredita veemente naquilo que faz está em posição de colocar tudo em causa."

Engraçado. À medida que ia lendo achei que ias concluir de forma diferente:
Só alguém que coloca tudo em causa está em posição de acreditar veemente naquilo que faz.

Fiquei a pensar. É daquelas situações "quem nasceu primeiro? o ovo ou a galinha". Não sei qual das frases está mais certa, se é que existe uma que está mais correcta que a outra e se é que faz sentido pensar nisso. Fica em standby.
Sem imagem de perfil

De n a 27.08.2007 às 04:20

Se calhar é apenas um ponto de vista diferente sobre a mesma coisa. Mas a minha aproximação à fé baseia-se numa disposição para não acreditar, para pôr as coisas em causa. Acredito que a força da fé está na razão da disponibilidade para a dúvida.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.