Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Viver todos os dias cansa*

por Bad Girl, em 29.09.07
Principalmente se for no campo e com alvoradas às seis da matina.
A coisa acabou tão mal, na semana passada, que na quinta-feira de manhã (palavra que eu tenho vindo a conhecer a fundo nos últimos dias), ao tentar calçar a bota do pé esquerdo o cansaço tomou conta de mim e caí em cima do móvel da televisão...

Eu sei o que é que vocês estão a pensar e não, não se preocupem, posso garantir-vos que a televisão não sofreu qualquer lesão, e ficou operacional.

O mesmo já não se poderá dizer do meu braço, que passou de uma leve dor na quinta, a uma não dor na sexta (sim, andava finalmente às compras em Londres, e nessas alturas nada dói) até uma intensa dor durante o fim-de-semana. Volto hoje à chamada "moedeira". E também aos posts.

* Que me perdoe o Pedro Paixão este flagrante plágio do nome de um dos seus livros, mas pareceu-me adequado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pensamento do dia, em estrangeiro

por Bad Girl, em 26.09.07
É assim, a alma de emigrante possui-me de cada vez que ponho o nariz fora da porta. Agora também penso em inglês... e hoje, quando debatíamos animadamente a luxúria, alguém tenta explicar ao neozelandês que nos acompanha do que estamos a falar. E perguntam-me:
- Oh, Bad (também conhecida como dicionário LaRousse), como se diz luxúria em inglês?
- Lust.
E o outro olha para mim, ar suspeito, e pergunta:
- Were you talking about lust?
- Yes, my dear. Lust is never the least...

Perdoem-me os que não falam inglês, mas não dá para traduzir...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dói menos, mas ainda custa

por Bad Girl, em 26.09.07
Já passou um ano. A história repete-se. Voltei à tua cidade favorita. Onde tu escolheste viver. Mas onde tu já não estás.
Onde te encontrava sempre. Onde, na verdade, ainda te encontro.
Onde recebi a notícia.
Posso ser fria, não mostrar que dói, não fazer alaridos. Mas lembro-me muitas vezes de ti.
Com saudade.

E sei que, enquanto te tiver na cabeça, não vais sair do meu coração. Porque há pessoas que não podem deixar a nossa vida só porque já não estão connosco.

Descansa em paz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A vida no campo, segundo BG

por Bad Girl, em 25.09.07

Hoje não me apetece escrever. Mesmo assim escrevo. Muito bem, vou ser mais específica: hoje não me apetece desenvolver qualquer tema, nem me pôr com os devaneios literários do costume. Assim, faço apenas aqui um resumo do dia:
06:00 - Alvorada - ninguém merece.
07:15 - "Motorista" foi buscar-nos.
09:15 - Ainda estamos na M25 e vamos chegar atrasados à reunião que está marcada para as 09:30.
09:45 - Deixamos o carro e vamos de metro.
***
Os atrasos multiplicam-se por todo o dia.
17:50 - Última reunião (estava marcada para as 17:00).
19:40 - Chegamos a mais um cenário campestre. Este menos bucólico e mais a puxar para a vilazinha simpática. Constatação: há restaurantes a walking distance. Alegria contida até vermos o Hotel.
19:50 - Check-in. Bad chega ao quarto e percebe que:
1) Tem (muito) mais do que 8 metros quadrados.
2) A casa-de-banho tem chuveiro E banheira.
3) A cama é de morrer lá em cima.
Não contém a alegria e faz uma daquelas cenas teatralizadas de se agarrar à cama. Moços simpáticos que traziam a mala riram-se e foram para os seus respectivos alojamentos.
20:30 - Banho tomado, saímos para jantar. A pé!!!!
21:00 - JB liga para "consolar" Bad por mais um dia no campo, e é imediatamente despachado. Bad não tem saco (e tem pouca rede). Para além do mais, este campo é melhor que o outro, e Bad é rapariga para reagir positivamente às adversidades da vida.
23:54 - Bad acaba post no blog e acha fantástico poder dormir até às 07:00, amanhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fait divers...

por Bad Girl, em 24.09.07
Ontem, sentada no meu lugar de avião, fico deveras satisfeita ao perceber que os meus vizinhos comunicavam com linguagem gestual. Boa, ia poder dormir!!!! Sem pessoas a falar, bla-bla-bla, ali ao lado. Pois. Mas isso até seria verdade se não fosse comigo, a quem tudo acontece. É que, para fazer linguagem gestual, ele precisava que ela o visse. E vai de se encostar a mim em aparente queda livre para conseguir tal feito... Mas eles eram tão simpáticos que eu não consegui dizer nada (até porque eles não me iam ouvir...)
**
Estes moços que aqui estão comigo são uns queridos. Mas um deles não pronuncia muito bem o "th", sendo que diz "s" em vez do som que deveria. Tudo bem, ninguém é perfeito. Mas tendo em atenção o "furacão" que se sentiu hoje para estes lados, a chuva e as pequenas inundações, passar o dia a dizer "I sink" não me parece a melhor opção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Isto é de loucos...

por Bad Girl, em 24.09.07

... ou que bem não se está no campo.

Oh pá, foda-se (desculpem, tinha de começar assim, a situação não é para menos)!!! Eu sabia que não me apetecia vir para Londres. Só não sabia explicar porquê. Agora sei. Então a gaja vai buscar-nos ao Aeroporto, tal e tal, com sinalética e tudo, entramos no carro (eu, por acaso, tentei entrar para o lugar do condutor - ninguém manda esta gente ter a porra do volante no lado errado!), e rumo ao Hotel, viemos nós. A carga de trabalho no Burgo foi tanta, que eu nem sequer tinha tido oportunidade de ver o link do Hotel na net. E ainda bem, porque acho que não teria entrado no avião, sequer.

Estamos no CAMPO, foda-se, no campo!

A 30 milhas da civilização. No puto do campo, com passarinhos e coisas verdes por todo o lado. Vem uma pessoa para o centro do Mundo, e fica no meio da merda da natureza? Se eu quisesse ir para a natureza ia para o Douro, não vinha para Londres.

Depois de me passar a raiva e a ira (hoje, a meio da tarde), lembrei-me que amanhã já mudamos de Hotel. E para ir para onde? Para o lado de lá, também no campo. Não me querendo repetir, foda-se lá para isto. Só quinta é que vou, finalmente, para o meio do fumo, da poluição, do ruído, dos encontrões, das pessoas que vão a correr para todo o lado... Ah... mal posso esperar. Até lá, alguns recados:

- Madrinha: não devo conseguir ir ao Harrod's buscar o perfume. Farei o meu melhor, mas aqui na parvónia é a única coisa que consigo fazer.

- L.: vou na página 148, capítulo 179. Estou a adorar.

- P.: 5ª Feira jantamos, mas chego a Londres tarde, depois falamos.

- "Comadre": estou a ver a coisa mal parada para conseguir comprar a traquitana para o meu futuro afilhado. Não vamos, porém, perder a esperança por enquanto.

- Always: Regresso sexta-feira. Arranja-se um upgrade? É que a experiência já está deprimente q.b. assim...

Beijos a todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este blogue vai de viagem...

por Bad Girl, em 23.09.07
Como de costume, estando dependente do acesso ou não à internet no Hotel, posso apenas dizer que, se não for antes, vemo-nos por aqui na próxima sexta-feira. Até lá, podem ir dando seguimento ao desafio BNC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na bagagem...

por Bad Girl, em 23.09.07

Porque não é só um livro. E porque não foi uma pessoa qualquer que mo ofereceu. Beijo, L.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio BNC

por Bad Girl, em 22.09.07


O prometido é devido. Cá está um desafio. Tirado da cabeça de ervilha deste senhor, ao ler a minha observação sobre ser-se bom na cama. Tive de lhe explicar que um Ferrari é um bom carro. Se for mal conduzido não deixa de ser um bom carro. Mau é quem não tem unhas para conduzi-lo. E a coisa já estava quase a azedar quando ele teve a bela da ideia. Acrescentamos-lhe algumas regras (coisa pouca) e cá está:
- Nomear 5 bloggers (não exclusivamente do sexo oposto) que, pelas razões mais diversas, imaginem ser bons na cama.
- Expliquem, em traços gerais, o que é, para vocês, a definição de "bom na cama". Se quiserem desenvolver e explicar as vossas escolhas, parece-nos bem.
- Deixar um comentário no blog dessa pessoa para que saiba que foi nomeada. O ideal será escreverem: "Acho que és bom/ boa na cama. Desafio-te no meu blog...", mas poderão ser mais comedidos.
Não podem ser nomeados:
- Os autores do desafio: Bad e Ervi. É claro que somos bons na cama, e por isso não podemos tirar a competitividade a isto.
- Pessoas que se conheçam pessoalmente. Este é apenas um exercício de imaginação. Afinal, o erotismo está no cérebro, não é? O corpo reage, o cérebro age.
- Pessoas que não conhecem pessoalmente, mas com as quais já estiveram na cama.
Importante: se conhecem (no sentido bíblico da palavra) alguém que foi nomeado, e até sabem que não é bem assim, não queremos saber. Nas camas virtuais é bom quem nós achamos que é. Ao menos nessas que não existam desilusões...
Parece-me que é tudo. Cumpre-me a mim, como co-autora do desafio, deixar aqui os primeiros cinco bons na cama (por nenhuma ordem especial)...

Atractor Estranho: ora a cara metade de alguém que é bom na cama também o deverá ser. Ainda por cima dança a salsa. Sempre ouvi dizer que homem que se mexe bem na pista de dança...
A Loira
: distraída? Pois sim, isso é o que ela diz... cá para mim, esta menina é fogo!
Pedro de Payalvo: há algo quente na forma como ele escreve. E quem aquece as palavras...
Não sei como chamá-la, mas sei que tem o diabo no corpo. E quem tem o Diabo no corpo tem de ser BNC...
Alf: tem quatro filhos e ainda conquistou esta miúda num ápice... parece-me suficiente.

Quanto à minha definição de BNC... aparecerá um dia, por magia, num post deste blog. Até lá, usem uma coisa que faz parte integrante das qualidades de BNC: a imaginação...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tenho-te debaixo da pele

por Bad Girl, em 21.09.07
Não te tenho no coração, que ainda muda de ritmo quando penso em ti.
Também não te tenho na cabeça, que ordena um esboço no meu sorriso quando te vejo.
Tenho-te debaixo da pele.

Não te tenho nas mãos que te tentam agarrar.
Nem sequer te tenho nos olhos que te procuram.
Tenho-te debaixo da pele.

Não te tenho nas fotos que guardo, e que ainda há pouco reencontrei.
Não te tenho nas cartas que recebi tuas.
Tenho-te debaixo da pele.

Não te tenho nos momentos que a minha memória insiste em guardar.
Nem te tenho nos sonhos que tive contigo.
Tenho-te debaixo da pele.

Não te tenho à flor da pele.
E não te tenho nas entranhas.
Tenho-te debaixo da pele.

Não te tenho nas músicas que eram nossas.
Nem nos locais que passamos.
Tenho-te debaixo da pele.

Os outros são apenas bronzeados. Com mais ou menos intensidade, acabam por perder força, e eventualmente sair. São apenas breves lembranças de dias de sol, que queimou a pele e se desvaneceu. Não duram além de uma estação. Não vão além da derme.

Tocam, mas não se entranham. Porque eles não estão onde te tenho. Debaixo da pele. E, apesar de perceber que nunca te conseguirei ter noutro sítio, é debaixo da pele que eu te quero ter.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.