Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comunicado

por Bad Girl, em 28.05.08
Caros,
Este blog entrou em pausa sabática. Ele não dorme. Come mal. Está deprimido e sem vontadinha nenhuma de fazer coisa alguma. Está carregado de problemas pessoais, profissionais e criativos. Falta-lhe tempo. Sobra-lhe angustia.

Ups, essas características são as minhas...


O blog, esse, deve estar a atravessar a crise dos dois anos. Assim sendo, e até ao dia em que voltar a haver tempo, vontade e criatividade... estamos fechados para balanço.

Não é a primeira vez que acontece.
Provavelmente não será a última.


Pedimos desculpa pelo incómodo.


Tentaremos
ser breves.

Tive de dar cor ao blog, dado que a vida anda meio... desta cor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Happy birthday, Mr. Blog!

por Bad Girl, em 27.05.08
2 anos.
Estou sem palavras...

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Bad Girl, em 26.05.08
Aqui há uns tempos o Sadeek fez-me um desafio. Queria saber os meus ódiozinhos de estimação. Ao princípio pensei pendurar a coisa no armário do esquecimento. Afinal, ninguém no seu perfeito juízo quer saber os ódiozinhos de alguém que tem etiquetados 207 posts com "Mau feitio" e 44 posts com "Embirrações". Depois pensei melhor. Afinal, ódiozinhos não são ódios. São coisinhas que me irritam, que estão a meio do caminho entre o ódio verdadeiro e a mera embirração. Cá estão alguns dos quais me consigo lembrar agora. Há mais. Certamente que há mais. Enquanto houver outras pessoas no Mundo, certamente haverá sementes para ódiozinhos de estimação. Cá vão alguns, sem explicação. Quem segue este blog com moderada atenção não precisa de explicações para nada destas coisas que eu vou enumerar:
- Despertador.
- Gente que quer e não pode.
- Gente que pode e não quer.
- Gente burra.
- Gente armada em esperta.
- O Scolari, o Ricardo e o Nuno Gomes (estes não merecem um item cada um)
- Criancinhas em idade de chorar a plenos pulmões, no mesmo avião que eu.
- Falsos moralismos.
- Os empatas da faixa do meio nas autoestradas.
- Gente passiva: que não vota, que não acha, que não opina, que não sabe, que não diz.
- Os anónimos da vida.
- Pessoas que fazem de tudo para subir na vida, inclusive descer bem baixinho...
- Desafios...
E, como sempre, o desafio fica bloqueado. Que dê seguimento quem quiser, que eu não arrasto ninguém para estas coisas... That's the way... hamm... hamm... I like it...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Compromissos

por Bad Girl, em 25.05.08
Após uma noitada, aterradas no sofá, diz-me a J.:
- Pensei que, depois de uma pessoa decidir que o que quer nesta fase da vida é sexo sem compromisso, as coisas se tornavam mais fáceis.
Bad e a sua douta sabedoria das tantas da manhã...:
- Pois, mas tu não chegas a querer sexo sem compromisso. Porque ainda tens um compromisso com os teus padrões de qualidade.

(Isto significa que o gajo feio com medalhas de tropa ao pescoço que a abordou com frases tão interessantes como: "Eu sou solteiro forever!" ou: "Gosto de viver sozinho com a minha cadela. Só eu e a minha menina!" chumba redondamente... não?)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não me lixem

por Bad Girl, em 25.05.08

O gajo conhece-me há dez minutos, vira-se para mim e diz:
- A *** (amiga comum) diz-me que não tens namorado. O que é que se passa com os homens do Porto?
Eu estava com uma neura que dava para chegar daqui à Lua. Olho para ele com faíscas no olhar, e pergunto-lhe:
- Como assim?
Ele entalou-se. Não devia estar à espera daquela reacção.
- Como assim, como?
- Como assim, porque é que dizes isso? Conheces-me há cinco minutos. Trocamos duas frases, uma delas foi "Boa tarde" e tu culpas todos os homens de uma região por eu não ter namorado. Já te ocorreu que eu não faça assim tanta questão? Ou que a culpa é minha e não deles?
- Bem, não era preciso ficares ofendida. Só estava a meter conversa.
- Para a próxima, tenta "Quanto a mim, hoje ainda chove..."

É que eu juro que não entendo. Ainda vão a algum lado com estas frases de engate de almanaque de utilidades dos anos setenta? As mulheres serão assim tão fáceis que os homens já não se esforçam? Os homens acharão que as mulheres são assim tão fáceis que já não pensam fazer um pequeno esforço? São eles que são básicos, ou só estas frases pré-feitas? Alguém cai nisto? Existe algum cantinho noutro planeta onde haja espaço para mim? Ou, neandertal por neandertal, prefiro a abordagem da foto. É mais directa. E acaba por adormecer o cérebro na mesma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando não sabemos o que dizer

por Bad Girl, em 20.05.08

Vi isto algures num filme ou num episódio de uma série. Não me lembro onde, mas não é original meu.

Alguém tinha morrido, e uma das pessoas pergunta a outra:
- Já falaste com a ***?
- Não. Ainda não. Não sei o que dizer nestas situações.
- Então, liga-lhe e diz-lhe que não sabes o que dizer nestas situações.

Porque não é suposto termos um livro cheio de palavras mágicas que nos indicam a coisa certa para dizer nas alturas erradas. Mas também não é suposto ficarmos calados só porque não sabemos o que dizer. Por isso guardei este diálogo para memória futura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Odeio aquela porcaria!

por Bad Girl, em 20.05.08
Imagem daqui

Nunca tive uma boa relação com despertadores. Desde os que voam sozinhos quando tocam, aos que aparecem todos partidinhos sem razão aparente, há de tudo nesta casa. Mas hoje... hoje a raiva foi substituída pelo ódio. Acordar-me a meio daquele sonho fantástico que eu estava a ter não é justo. É que não é mesmo. Foi um daqueles sonhos em que o toque era mesmo toque, o beijo era mesmo beijo, uma simples brisa era mesmo uma brisa... e aquele cabrão daquele bip-bip-bip veio estragar tudo!... não é justo!!!!!!!!!!




" Well I will keep calling you to see
If you're sleeping, are you dreaming?
If you're dreaming, are you dreaming of me?"
Blue October - Calling You

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nunca foi tão fácil…

por Bad Girl, em 20.05.08


 


A história do amigo da amiga, relatada pelo próprio:

“Uma destas noites, estava eu no Bar X com uns amigos. À sétima caipiroska olhei para a miúda do Bar e vi a mulher da minha vida. Comentei com os meus amigos que ela era linda. Eles encolheram os ombros. Achavam-na normal. Mas eu não. Tinha a certeza que ela era mesmo a mulher da minha vida. Tanto que, apesar de ser envergonhado e não conseguir meter conversa com as mulheres que me interessam, tive de me levantar e ir falar com ela. Perguntei-lhe se ia sair naquela noite. Disse que sim, que ia à ****. Fiquei lá até às 8 da manhã. Ela nunca apareceu. Passei a semana a pensar nela. Tinha de voltar a vê-la. Afinal, era a mulher da minha vida. Voltei ao Bar na semana seguinte. Sem caipiroskas, deparei-me com a realidade ali, a frio... Afinal, os olhos verdes profundos eram castanhos, e o cabelo negro intenso era da cor dos olhos. Continuava boa. Mas bastou uma semana para ela já não ser a mulher da minha vida.”
A história não carece de substantivos, adjectivos ou verborreia da minha parte.
A história carece de uma moral.E eu agora não posso pensar numa. Vou rapidamente ali para um Bar que eu conheço beber sete caipiroskas e encontrar o homem da minha vida. E quero lá saber do “morning after”! Aliás, eu (que não bebo) ao fim de sete caipiroskas… já é de celebrar se houver uma “after party”!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tudo aos bunkers!

por Bad Girl, em 19.05.08
- Quando estás muito bem disposta, e te pões com aqueles disparates, parece que tens para aí 15 anos...
- Humm... E quando estou mal disposta?
- Parece que tens aí uns 60.
- Dizes isso por eu estar com a neura?
- Sim.
- Parece-te que tenho 60 anos, hoje?
- Não... hoje parece que tens 98. E que estás com uma crise de reumático.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Time after time

por Bad Girl, em 18.05.08

Gosto de Matchbox 20. Desde antes do velho "Bent", que me deixava em lágrimas, sem qualquer explicação. Gosto do original da Cyndi Lauper, mas não posso deixar de gostar deste "Time after Time" na voz de Rob Thomas.
E porque hoje, energias e "fé" renovadas, preciso de voltar a ouvir esta música, e me apetece partilhá-la...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.