Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Eu também prevejo qualquer coisa.

I predict a riot.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nota mental

por Bad Girl, em 30.01.09

Se, durante a noite, tens mais sede do que é habitual, colocas os braços por fora da roupa da cama e eles não gelam, e sentes o nariz (MUITO) entupido, talvez seja boa ideia ires verificar se eventualmente não te esqueceste do aquecimento central ligado.

 

Por muito agradável que seja acordar e saltar da cama sem ter um choque térmico, é capaz de ser pouco saudável. E, a repetir muitas vezes, é capaz de ficar um bocado caro.

 

Enfim... a idade já não perdoa, é o que é.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lá vai o aviãozinho...

por Bad Girl, em 29.01.09

Num dos comentários ao meu post sobre o quão exageradas são as ovações em pé neste país, a M. falou, pertinentemente, sobre a apoteose do ridículo no que a aplausos diz respeito: o aplauso às aterragens dos aviões.

Pelo amor da santa, se vocês batem palmas nos aviões, metam nessas cabeças de alfinete o seguinte: DENTRO DO COCKPIT NÃO SE OUVE NADA! Nem aplausos, nem vaias, nem gritos de "Bravo!". Para além de estarem a aplaudir uma pessoa por esta estar a fazer o trabalho dela (o que seria bonito de se ver sempre que um autocarro chega ao destino), estão a aplaudir em vão. E, aos que vêm por aí dizer "vivemos numa democracia e se eu quiser bater palmas, bato!", só tenho uma pequena observação a fazer: viver numa democracia confere às pessoas o direito de serem ridículas, mas não altera o facto.

 

E sim, o piloto da amaragem no rio Hudson merecia um aplauso (em pé). Mas não o teve na altura. Havia urgência em sair dali para fora, parece-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Objectivamente baralhada

por Bad Girl, em 29.01.09

 

Uma pessoa sai de casa com o objectivo único de comprar um par de botas castanhas.

Essa pessoa chega a casa com dois pares de sapatos (um deles castanhos, vá).

 

Essa pessoa não é volátil. Nem é volúvel [E conheço a piada, essa pessoa também não é (sempre) a outra coisa].

 

Essa pessoa sou eu. O que explica muita coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em duas palavras

por Bad Girl, em 29.01.09

Im-pressionante!

 Adorei. Pura e simplesmente. Danny Boyle volta a pôr sal em feridas que nós nem sonhamos haver (Só não peço já o Oscar porque ainda não vi o "Milk" nem o "Frost/Nixon").

 

Lamento desapontar os que ficam ansiosamente à espera de um post sobre futebol para me acusarem de ser básica. Troquei um Porto x Leixões por uma antestreia. No outro lado da rua. Lamento qualquer transtorno que possa causar. E prometo ir à bola em breve. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Explicaram-me que eu devia levantar-me para aplaudir os cantores, músicos, actores, bailarinos, ..., se achasse o trabalho deles extraordinário. Se considerasse aquele trabalho tão magnífico que teria de me levantar da cadeira para homenagear quem o fez. Se o trabalho deles é mau, razoável, bom, ou (até) muito bom, devo aplaudir sentada. Ou não aplaudir, no caso do mau. Só assim quem faz um trabalho extraordinariamente marcante sabe que o fez. Com uma ovação em pé. Mas não. Aqui, nesta santa terrinha, é ver um espectáculo acabar para ver o povo levantar-se e bater palminhas. Das duas, uma: ou os padrões de qualidade das pessoas são extremamente baixos, ou há uma crise generalizada de hemorróidas que ataca no final dos espectáculos ao vivo. Ontem, no final do concerto dos Deolinda, na Casa da Música (só um exemplo, no meio de tantos), toca de levantar para aplaudir o concerto. Foi bom? Foi sim senhor. Muito bom? Não creio. Extraordinário? Nã... Mas teve ovação em pé, à altura dos espectáculos extraordinários? Teve. E quando eles forem realmente brilhantes? O povo pendura-se no tecto e bate os pés? Não me parece. Não vai ter nada a acrescentar. Vai continuar a levantar-se e a bater palmas, a pensar que desta vez sim, foi mesmo bom.

É assim, o meu povo. Tão bom a falar mal de tudo, mas fácil, fácil, na hora de ovacionar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Breve sumário da vida do bispo Richard Williamson:

08.03.1940 - acontece uma tragédia devido ao aborto não ser legal e o mundo tem de levar com o seu nascimento.

02.07.1988 - João Paulo II excomunga-o.

Porquê? Oh, merdices como esta:

" I believe there were no gas chambers ... I think that 200,000 to 300,000 Jews perished in Nazi concentration camps ... but none of them by gas chambers."

200 a 300 mil. Os outros morreram de morte natural. Aquilo é gente que não come carne de porco, e tem as defesas muito em baixo. E isso das câmaras de gás não existe. Eram saunas. Um modelo mais antigo, mas saunas...

 

E no fim de semana passado, o que é que aconteceu?

Não adivinham?

Vá, esforcem-se só um bocadinho...

 

Ora lá está. O Papa Bento XVI, formerly known as Cardeal Ratzinger, e ex-membro da juventude nazi (!) decidiu retirar-lhe a excomunhão...

 

A igreja católica e a sua capacidade de perdoar... que bonito, não é?

 

E que a beatada do costume nem sonhe que vou publicar comentários a defender esta merda. É só para se pouparem ao trabalho. É que, sendo agnóstica, posso sentir-me no direito de achar que cabrões do género dos mencionados não merecem perdão e não há UM argumento no planeta Terra que me faça mudar de ideias. Se escrevem de Marte, porém, talvez venham a ter uma hipótese. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bad answer

por Bad Girl, em 25.01.09

 

- A sua voz é sempre assim? Sexy?

 - Só quando falo.

 

(Para a próxima não é só armar-se em esperto. É ser. É mais difícil, eu sei, mas evita respostas destas...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A amizade devia ter limites

por Bad Girl, em 24.01.09

E um deles devia ser este:

Se um amigo quer ir fumar um cigarrinho às tantas da noite, antes de o filme começar , na parte exterior do cinema, nós não temos de o acompanhar. NUNCA. A menos que também fumemos. E aí, tanto faz se é o fumo ou o frio que nos estropia os pulmões.

 

Um grande "Atchim!" para vocês, que eu agora vou ali carregar mais mil lenços de papel com essa coisa bonita e bastante sensual que é o muco nasal.

 

As minhas melhoras.

 

Obrigada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bruno, eu cá gosto de ti...

por Bad Girl, em 24.01.09

 

Depois de o Cristiano ter sido eleito o jogador mais odiado de Inglaterra (e aqui devia esperar-se que eu fizesse uma pirueta enquanto dizia "bem feito!" e batia palmas, mas a verdade é que, depois daquela entrevista com a Judite de Sousa, eu já não tenho cabeça para implicar com o moço...) o site "Maisfutebol" decidiu eleger o jogador mais odiado do futebol português. Por curiosidade vi meia dúzia dos setenta mil quatrocentos e trinta e seis comentários no fórum (ou trezentos e tal, seja) e, claro, percebi que acertei na "mouche". Bruno Alves há-de ser o nome mais usado naquele sítio. E eu não vou criticar aqui as mentes brilhantes (no filme, ele era esquizofrénico) que se dão ao trabalho de destilar ódio num site. Vou apenas assumir "publicamente" que gosto do Bruno Alves. E não é porque toda a gente o odeia, é tão somente porque gosto mesmo dele. Pode ser feio, aceito. OK, feio é pouco, há aqui uma ou outra etapa na evolução humana que ele talvez tenha saltado, e talvez tenha parado no neanderthalensis. Não digo que não. E é assustador. E bruto (isso até pode ser uma qualidade, quando bem aplicada...). Mas é um defesa central. Do meu clube. E faz o seu trabalho. Bem feito. Mais cotovelada, menos cotovelada, so what? Todos dão!... As dele magoam mais porque ele é grande e forte. Não vejo qual é o mal...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.