Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Universo, esse fdp

por Bad Girl, em 27.02.09

Ontem, enquanto descansava com o "joelho ao peito" e observava tudo à volta, não deixei de reparar num instrutor de ski que dispensava todo o seu tempo e atenção a uma criança que, pelos vistos, gostava era de dar speed naquilo. 

Comentei com uma das senhoras da comitiva:

 - Vês, daquilo é que eu precisava: um PT com um sorriso lindo. Ficava logo boa.

 

Hoje, na primeira queda (sim, isto de joelho f*d*d**d*d* é ainda pior), vindo do nada, surge um simpático local, pronto a ajudar-me a superar todas as dificuldades que me foram aparecendo. E então não conseguimos todos parar de rir com a ironia do universo: É que este "PT" à força tinha aí os seus 50 anos (OK, eu não falei em idades ao universo quando "pedi") e 4 dentes na boca (já estragados), o que me leva a achar que eu e o Universo não estamos a entender-nos. "Sorriso lindo" - onde é que está a dificuldade em entender isto????????????

Autoria e outros dados (tags, etc)

Directamente da neve

por Bad Girl, em 26.02.09

Serve o presente post para que saibam que estou viva. E mais bronzeada.

Serve também o presente para que saibam que há mitos sobre o ski que têm de ser desfeitos JÁ!

Primeiro mito:

Só os pros é que se magoam. Os não pros não conseguem atingir velocidades que provoquem lesões.

Ora eu, o meu joelho torcido e a doutora já mudamos de opinião.

Dica para todas as viagens à neve: levem sempre uma médica na comitiva. Tudo bem, esta é de recém-nascidos, mas uma entorse no joelho não é uma coisa por aí além de diagnosticar.

(É, é, que me dói muito...)

Para memória futura, gozar com os outros talvez não seja boa ideia. O universo pode ser (muito) cabrão.

Segundo mito:

Depois de nos lesionarmos a esquiar, continuar a descer pistas NÃO É BOA IDEIA. Diz que pode piorar.

Dica para todas as viagens à neve: queixem-se ao médico apenas depois de terem esquiado tudo o que conseguirem aguentar.

Para memória futura: fod@-se, esta porcaria dói.

 

 

E pronto, é isto. Agora vou descansar. Nao passa pela minha cabeça não ir esquiar amanhã, o que significa que isto é capaz de piorar (mais) um bocadinho. 

 

Este post não tem imagem. Porque o computador não é meu, a net é lenta, e este post demorou cerca de duas horas a fazer (não estou habituada a MAC, principalmente com teclados estrangeiros)

Autoria e outros dados (tags, etc)

O apresentador, pois então

por Bad Girl, em 23.02.09

Sobre os vestidos que passaram pelo tapete vermelho já muito se disse, desde ontem.

Sobre o apresentador da cerimónia também, principalmente desde que foi eleito o mais sexy do mundo.

E eu até acho que ele é giro, bom, cheio de talento e tudo e tudo. Agora o que me faria pôr um vestido (da Zara, que fosse) e atravessar aquele tapete (a girl can dream) não era a estátua. Nem a festa. Nem o homem mais sexy do mundo. Eram, isso sim, as mãos do homem mais sexy do mundo. Só o homem mais sexy do mundo é que tem mãos assim?

E logo eu, que nem sabia que tinha uma paranóia reprimida por mãos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

O discurso, pois então...

por Bad Girl, em 23.02.09

 

"I think that it is a good time for those who voted for the ban against gay marriage to sit and reflect and anticipate their great shame and the shame in their grandchildren's eyes if they continue that way of support."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os Oscares, pois então...

por Bad Girl, em 23.02.09

Ontem contava no tempo a catrefada de anos cujos últimos domingos de cada Fevereiro foram passados em frente ao televisor, a ver a cerimónia dos Óscares. 17. Pois é, estou a caminhar para velha mas não é por isso que tenho mais juízo. Há de-zas-se-te anos consecutivos, trabalhe ou não no dia seguinte, lá estou eu plantada em frente ao aparelho a ver as estatuetas douradas a voar para as mãos dos "melhores". Foi no ano em que Sir Anthony Hopkins, Jodie Foster, Jonathan Demme, e o "Silence of the Lambs" de todos eles foram as surpresas da noite que comecei a ganhar o "bichinho". Durante este tempo todo uma coisa que me aborrecia de sobremaneira era a incapacidade que a Academia tinha de arranjar um apresentador à altura de Billy Cristal. Razão pela qual ele voltava de quando em vez. Falei mal da Whoopi, do Letterman, do Steve e quase cortei os pulsos quando vi o Chris Rock naquele papel. Baixei ligeiramente a guarda para Jon Stewart. Mas quem me apanhou totalmente de surpresa e me fez esquecer o Billy? Hugh Jackman, o one man show.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Love is in the air

por Bad Girl, em 20.02.09

Foto daqui

 

Pois é. Ao contrário da sua tia mais gira (eu), que teve de ir a um restaurante cheio de gente lamechas e melosa (incluindo toda a entourage do CR7 - só faltava o próprio e a D. Dolores), a minha sobrinha ficou em casa. Ao contrário da tia mais gira (ainda sou eu) que nem uma sms lamechas a dizer coisas no São Valentim recebeu (fiquei desoladíssima, claro), a minha sobrinha de quatro anos recebeu uma carta do seu namorado. Quem? O Filipe, pois então.

Não é que a pirralha vai a caminho de ter uma relação mais longa do que qualquer uma das minhas?

Começa mal, isto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Que tristeza de férias

por Bad Girl, em 20.02.09

Hoje celebrei o meu segundo dia de férias. Enquanto preparo as pernas para as dores musculares que se avizinham, nada melhor do que passar os dias de férias a fazer disparate atrás de disparate. Tomar o pequeno-almoço ao pé da praia, ou pôr o cinema em dia é razoável. Sabe bem acordar sem despertador, não ter horas para nada, fazer as coisas ao nosso ritmo. Isso sabe bem. Então porque raio decidi eu mudar o rumo positivo que as coisas estavam a ter e ir ao cabeleireiro? A um cabeleireiro qualquer, que eu sou uma gaja que vive nos limites do risco, quero cá saber quem me mexe numa das partes mais importantes da minha fisionomia!...

Como sou dada a poucas conversas e a poucas idas ao cabeleireiro, respondi estupidamente que sim a tudo. A única variação ao "Sim" foi no primeiro contacto, com a frase (imbecil): "Pode fazer o que quiser.".

Resultado: três horas (que ele me garantiu que ia ser uma) alapada numa cadeira, a ser atacada por tesouras, navalhas, tintas, papéis de prata, pentes grandes, pequenos, médios, cera, gel, laca e qual o resultado? Saí do cabeleireiro com um gato siamês na cabeça e com menos uma pequena fortuna na conta.

Não contente com isto decidi guardar o segundo dia das férias para uma coisa também muito prazenteira: ir ao dentista. A cadeira do dentista não é nada que me assuste de sobremaneira, mas com a péssima qualidade das minhas gengivas (ninguém é perfeito...) sei que uma limpeza nunca é apenas uma limpeza, e estou sempre sujeita a pequenas cirurgias que acabam por me transformar numa semi-imberbe dependente de batidos e líquidos. Ora se uma das botas de ski ficou paga com o cabeleireiro, o par ficou completo com a conta do dentista.

Estava a pensar que não tenho nada de extremamente desagradável e estupidamente caro para fazer amanhã. Se calhar ligo para a ginecologista para ver se ela me atende. É que tendo em conta o que aconteceu da última vez que lá fui, parece-me que é coisa para estar à altura dos dois acontecimentos anteriores...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Outro Oscar para Sean Penn

por Bad Girl, em 20.02.09

 

JÁ!

Autoria e outros dados (tags, etc)

E desta vez a sorte grande da estupidez natural deu o jackpot a D. José Saraiva Martins.

Pérola número um, para porta-aviões:

«Quando se juntam dois homossexuais, eles ou elas, se há crianças, evidentemente, aquela união, aquele casamento, não pode providenciar a formação das crianças». Não pode, pois não. Quem diz que dá muito boa educação são aqueles pais que chegam completamente bêbados a casa e espancam os putos. Ou a Leonor Cipriano, por exemplo, diz que também providenciou uma belíssima formação à filha. Mas mesmo boas mães são aquelas que acabam de ter um filho e o metem num saquinho plástico no caixote do lixo. Upa, Upa, D. Saraiva Martins. Casais heterossexuais é que sabem tratar bem crianças.

Porta-aviões ao fundo? Não... água.

Pérola dois, mesmo objectivo:

«A educação daquelas crianças não pode ser uma formação normal se não forem formadas por um pai e uma mãe. Não por dois pais ou duas mães». Não pode. E toda a gente sabe que os centros de correcção juvenil estão pejados de crianças que são educadas por casais homossexuais. 

Ao fundo? Não... água.

E a terceira pérola, qual é?

«Quando se fala de direitos civis não tem de se interrogar a Igreja, tem de se interrogar o Estado. Quem elabora as leis do Estado não é a Igreja, seria uma intromissão, evidentemente». Ora lá está. Guardou para o fim, mas lá chegou sozinho à única conclusão possível. E mandou o porta-aviões ao fundo. Mete o nariz nos assuntos da Igreja. Só. E algo me diz que já tem muito pano para mangas. 

É que eu tenho para mim que não é a orientação sexual de cada um que determina caracteres... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Era só mais uma mãozinha...

por Bad Girl, em 18.02.09

(Ainda o twitter)

 

 

OK, já tenho twitter. Graças aos mails esclarecedores do Tripeiro, do Afectado, da Susana, e da Teresa (não, Ervi, não me esqueci de ti. A resposta "Serve para o engate. Tudo na net serve para o engate. Não acredites em mais nada que te digam. O tio Ervi é que sabe." não ajudou por aí além...).


Ainda não estou muito convencida, mas lá chegará a hora em que não vou saber viver sem ele.

 

Agora o que eu precisava mesmo saber é como é que se actualiza aquilo por telemóvel (e quanto custa, que se for o equivalente a um par de sapatos apago já aquilo tudo!). Eu sei que meia dúzia de minutos passados a ler as instruções no site provavelmente me elucidariam, mas eu sou uma gaja um bocadinho preguiçosa nestas coisas...

 

Uma ajudinha? Please? É no sítio do costume: badgirlsgoeverywhere@gmail.com.

Grata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.