Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sobre Roman Polanski

por Bad Girl, em 30.09.09

Polanski cometeu um crime. Assumiu-o. Fugiu. Evitou a prisão durante mais de 30 anos. Quando eu nasci, mais coisa menos coisa, Polanski drogou uma menor e violou-a. Assumiu o que fez e fugiu da América tendo cumprido apenas 47 dias de prisão. Durante estes mais de 30 anos Roman Polanski fez o que melhor sabe fazer: realizou grandes filmes. Um dos livros que tenho na prateleira chama-se "Roman, by Polanksi". Admiro o realizador. Sinto curiosidade pela vida do homem. Mas nunca (jamais, em tempo algum) aceito a corja de bajuladores que aparecem agora a trocar os lugares às coisas. Afinal, o violador deve ser poupado,coitadinho. E os suíços, esses vilões, deviam ter vergonha. Afinal, cometeram a heresia de aplicar a lei. Que Woody Allen assine este manifesto não me surpreende. Mas há pessoas com responsabilidades políticas e sociais demasiado importantes para exigir a impunidade de um violador. Feio, incompreensível e ambíguo. Pessoas (algumas delas, pelo menos) que se pelam por defender os que não têm voz, por proteger os mais fracos, não hesitam em minimizar a gravidade de uma violação para preservar um bem maior: a liberdade de um artista. Ou o mundo está louco, ou eu não li o livro de instruções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Presidente da República (PR) fala na terceira pessoa. É um bocadinho à jogador da bola. O PR tem uma má dicção. Talvez por isso eu não tenha entendido grande coisa do que ele disse. O PR tem vulnerabilidades no e-mail em Belém. Era bom saber se no Público também têm vulnerabilidades no e-mail. É que parece que foi de lá que saíram os ditos. O PR confia cegamente no assessor e acredita que ele não fez o que dizem que fez. E tem razões para isso. Afinal, ele trabalha vai para mil anos com o PR. Apesar disso, demite-o. O PR não cede a pressões. E a prova disso é que ninguém lhe reviu este comunicado antes de ele ser lido pelo próprio.

 

Quanto às "interpretações" dos vários, partidos, o comunicado é mais dado a desvarios que um quadro de Miró. Para mim é óbvio: são, riscos, fod@-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o concerto dos Mundo Cão

por Bad Girl, em 27.09.09

Gosto dos Mundo Cão. Além do som, aprecio toda a mise en scene criada por Pedro Laginha, que anuncia as músicas num tom quase cavernoso, quase sexy, quase grave. Acho que a sala do fundo da Tertúlia Castelense é demasiado esconsa, escura e pequena para o som dos MC. Mas foi lá que eles estiveram, foi lá que os vi.

Durante a sua actuação não resisti à tentação de ir fazendo algumas actualizações via Nokia XPTO ao quadrado no meu "coisinho".

A primeira entrada, às 0:55, rezava assim: "@ concerto Mundo Cão: os senhores da Tertúlia Castelense já viam este feedback...". Nada a acrescentar. Como se não bastasse o som demasiado fechado ali na subcave, ainda houve um  problema de feedback que nunca foi solucionado. Já se faziam uns sound checks, e isso... 

Segunda entrada, uma hora depois, para constatar o óbvio: "olho em volta e vejo muita gaja que deve ter passado muito tempo a arranjar-se antes de vir para cá. O Slimmy, por exemplo.". Embirro com o Slimmy. Não vou discutir a sua qualidade a fazer lá o que faz, porque é coisa que eu não aprecio, mas ao fim de me cruzar com ele em meia dúzia de ocasiões (e ele semmmmpre com a mesma roupa!...), tenho a dizer que o rapaz sofre de um grave problema de ego fragilizado. O reconhecimento do público só o consegue por se vestir como uma esfregona. Não é que saibam quem ele é. É que ele é ridículo. Tinha eu já dispensado os serviços do meu precioso telemóvel, e dou de caras com um exemplar puro da ignorância militante (ouvi esta no outro dia e não quero outra coisa!) deste cantinho à beira-mar plantado. Terceira entrada, já aí para as 2 da manhã: " diz o gordo feio aqui do lado: 'tão bom actor e depois vem fazer esta barulheira. É que é bom actor, que eu lembro-me das novelas.' . Não estivesse eu em reflexão e chamava-lhe burro. Mas não. É só estúpido e desinformado. Ah, vamos ali ver... o gajo das novelas a cantar? Bora, deve ser bom. Afinal ele é tão bom actor...". Tendo em conta que nos encontrávamos na fila para pagar, eu posso partir do princípio que há um anormal que decide pagar para ver um gajo cantar só porque o conhece das novelas. E sente-se no direito de ficar desapontado porque aquilo não foi nada do que ele estava à espera. Ainda, tendo já os ouvidos a doer, como fez questão de referir, aguentou-se estoicamente até ao fim. Talvez na esperança de ver Pedro Laginha representar um monólogo, ou isso, já que é tão bom actor. Mas não. O gajo atreveu-se a enganá-lo com papéis simpáticos em novelas e decidiu estragar tudo ao fazer barulheira. Coitado. Até parece aquele acéfalo que foi hoje votar Sócrates porque não gosta da Manuela Ferreira Leite (e Deus sabe que ele não tem qualquer alternativa) e que vai começar a reclamar contra o Governo já amanhã.   

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nunca tal me aconteceu

por Bad Girl, em 26.09.09

Chegar a menos de 24 horas da ida às urnas, e não saber mesmo em quem votar. Mas, numa adaptação livre do "Cântico Negro" de José Régio, sei em quem não vou votar. Sei que não vou por ali. Não quero votar em branco desta vez, que seria uma coisa que eu já teria decidido há muito. Com a minha cruz não contem Manuela Ferreira Leite nem José Sócrates. Entre os dois males não sei qual poderá ser o "melhor". Talvez vote num dos outros "grandes", ou não. Há 19 partidos neste país, e excluindo a imbecilidade do movimento pró-vida, a ridicularia do PNR e outros dois ou três partidos sem ponta por onde se lhes pegue, todos merecem que eu leia os seus programas e decida em consciência em qual votar. Enojam-me os que apelam ao voto útil, como se lhes fosse conferido o direito de iniciar jogos mentais com os que estão indecisos. O menosprezo pelo direito à escolha de cada um, pela opção livre, é de uma arrogância atroz, só ao alcance dos maiores e piores ditadores de trazer por casa. A Democracia não foi conquistada por um bando de carneiros que decidiu juntar-se à maioria. É lamentável que os políticos ainda tentem esse tipo de chantagem com as pessoas. Mas, verdade seja dita, só o fazem porque sabem que o povinho (esse, desprovido de qualquer senso comum) vai alinhar. Entre os que se galvanizam com o facto de não votarem, vomitando aos quatro ventos "que são todos a mesma merd@", mas que se acham no direito de encher o peito para reclamar do estado das coisas, e os que alinham na conversa de voto útil, os políticos da nossa praça ainda vão apanhar alguns acéfalos que estão longe de saber a importância que tem o voto.

Assim como assim, até já decidi. Não em quem vou votar nestas legislativas, mas em quem vou votar nas próximas (daqui a 4 anos). Em mim. Mal por mal, acredito no que digo, tenho péssimo perder (mas não faço batota) e sou miúda para deitar o Ricardo Araújo Pereira abaixo quando ele me tentar esmiuçar. Dons de oratória não me faltam, e consigo escrever um programa eleitoral. E a bem da verdade hei-de ficar muito melhor nos cartazes. Agora não me ponham é a beijar crianças ranhosas, que isso é coisa para me tirar o blush. E a vontade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ai, filha, que és burra como um cepo!...

por Bad Girl, em 25.09.09

Filipa de Castro, ilustre figura pública do deserto social português, conhecida entre outras coisas de somais importância por ser ex-mulher de um jogador de futebol, alega ter sido convidada e desconvidada para ser mandatária da juventude pelo PS (outra! Eles têm um jeito para escolhê-las!)  do Seixal.

Mi, mi, mi, bla, bla, bla, diz-que-disse e não sei mais o quê, parece que afinal ela queria que lhe pagassem e eles mandaram-na ir ver se estava a chover. Mas o que é giro no meio disto tudo? O que é? É que, nas declarações onde ela julga defender-se, diz uma coisa imperdível: "(...)  acções humanitárias faço-as do meu bolso e sem a imprensa atrás.". Desculpa? Acções humanitárias? Ser-se mandatário de qualquer coisa é caridade? Tadinha, não me digam que no meio de tanta porradinha a mandaram escada abaixo e ela bateu com a cabeça na soleira da porta. Fosse o Egas Moniz vivo e eu jurava que ela tinha sido usada como cobaia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

À atenção da Joana Amaral Dias

por Bad Girl, em 23.09.09

Dizer palavras com mais de três sílabas não é ser eloquente.

Falar muito não é falar bem nem certo.

Ser gira para o panorama político nacional não é ser uma Top Model.

Abanar muitas vezes o cabelo não é sexy.

Os push ups já não estão na moda.

Ser esquerda, ainda que de caviar, é contraditório com pronunciar "idáias" (ideias), "puquê" (porquê) e "diraita" (direita).

É que já não a consigo ver em tudo quanto é canal. Apre!...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Agarrem-me que eu vou-me a eles!!!!

por Bad Girl, em 23.09.09

Pára tudo, mas pára tudo mesmo, que isto agora é a sério. Mulheres do meu Portugal, sentem-se desde já. Isto não é coisa para se descobrir em pé, não vá uma de vocês ter um sobreaquecimento e ficar com os joelhos a tremelicar de tanta excitação. Depois desta descoberta já saí de casa do meu MQT, apaguei todos os ex da memória do telefone, coloquei o meu perfil a jeito no Facebook e passo os dias à espreita, ansiosa por novidades. Quais porcos e vacas do Farmville, vocês sabem lá o que eu encontrei: O CONCURSO DE MISTER FACEBOOK 2010!!! Neste momento, e aquilo é coisa para estar em crescendo, há cerca de 30 candidatos, e cada um melhor que o outro. Entre as fotos pirosas e as que foram sacadas da net, há algumas originais e meninas, upa, upa, aquilo é coisa para deixar um fio de baba a escorrer pelo canto direito da boca por mais de meia hora (ler em tom irónico). Até um sósia do Cristiano Ronaldo lá temos. Vá, tudo a linkar o concurso, que aquilo ainda é coisa para nos dar muito alento nas noites de Inverno que por aí vêm. Quanto a vocês, não sei. Mas agarrem-me, que eu vou-me a eles! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marta Leite Castro!

You go, girl! Desta feita não só mudaste de namorado mais rápido do que o Diabo esfrega um olho, como ainda fizeste ver ao Miguel Sousa Tavares e ao António Lobo Antunes e importas um brasileiro. Os escritores vão buscar alpinistas das letras a terras de Vera Cruz, e a pretensa actriz arranja um actor que lhe deve ter enchido a televisão lá de casa nos primeiros tempos da adolescência.

Claro que Elsa Raposo, ex-detentora do prémio já se pronunciou sobre o assunto. Diz que enquanto Marta Leite Castro não conseguir engravidar do Topo Gigio nunca estará à sua altura.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viver todos os dias cansa

por Bad Girl, em 22.09.09

E de frente para o espelho chego à conclusão que toda eu sou um par de olheiras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ou, por outras palavras: "Tu és o elo mais fraco, adeus!".

 

Estranho, estranho é que alguém que só se pronuncia após as eleições se tenha "pronunciado" assim, de forma tão rápida e clara (???). Na alta roda da política, como nas tão referidas pequenas e médias empresas (e nas micros, e nas grandes) quem se lixa é sempre o mexilhão. Como se o povo acreditasse que um simples assessor se lembrou de criar um caso destes e de pôr o plano em marcha. Sozinho. E porque sim. Ah, o povo acredita? Pronto, então está bem....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.