Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vá, agora a sério.

por Bad Girl, em 20.10.09

Se há dias em que determinadas dúvidas tomam conta de mim, já conto demasiados dias a ter a mesma dúvida: a carteira profissional de jornalista daqueles senhores que escrevem no suplemento "Vidas", do Correio da Manhã saiu-lhes num pacote de farinha Maizena, não saiu? Hoje, por exemplo, há demasiadas pérolas imperdíveis e informações de somais importância que preciso partilhar:

Na notícia intitulada: "Alexandre Frota dá sinais de vida", temos a bela frase: "Depois do regresso a São Paulo, em 2005, deixando em Portugal um rol de 'trapalhadas', Alexandre Frota, de 46 anos, tentou lançar um espectáculo de striptease num espaço de diversão nocturna na capital paulista, mas o projecto foi por água abaixo e o actor, que entretanto deixou de ser vegetariano, voltou ao cinema porno.". Eis o que se pode considerar uma informação acessória muito importante. Se Alexandre optasse por continuar com um regime vegetariano, ia fazer filmes para o National Geographic. Em voltando a comer carne, obviamente optou por uma carreira porno. Também no famoso suplemento temos uma notícia perturbadora: "Ronaldo ileso em atentado contra o Real Madrid". Ao passar os olhos por aqui achei sinceramente que tinha perdido parte importante da actualidade diária. Mas não. Parece que é só em 2010. Diz uma angeóloga. Afinal esta gente é muito à frente.  Na mesma edição podemos ainda saber que Brad Pitt está cada vez mais barbudo e que Daniel Martins (quem?) e Nereida estão em guerra por 28 euros. Muito de ex vive este suplemento, dado que têm honras de notícia também a ex de João Kléber e uma outra ex de Cristiano Ronaldo. Portanto, só para confirmar: esta gente recebe um salário ao fim do mês para fazer isto, certo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Então sejam muito bem vindos, os incautos que clicaram ali nos destaques do sapo sem saber ao que vinham. Certa estou (vivências passadas garantem-me isso) que poucos continuarão a frequentar tão nobre espaço. Não é por nada, mas não sou propriamente social. Àqueles que já estão à procura do link “comentários” para deixar um insultozinho mesquinho e anónimo, meia volta e porta de saída. Aqui já não há disso vai para muito tempo (acabaram algures entre o leitor querido (e anónimo) que me queria dar com um paralelo na cabeça para matar o único neurónio que eu tenho e o ainda mais fofo (também ele anónimo) que estava disposto a dar-me um estalo caso se cruzasse comigo na rua. Caso me reconhecesse, acrescento eu. O que, tendo em conta a foto, denota um optimismo e uma perspicácia acima da média). E diz quem aqui chega pela primeira vez: “Deves ter um bocado a mania.”. E eu sinto-me no direito de replicar: “Não é um bocado, é muito”. Aos outros, os que gostarem, estão ali à direita o endereço e-mail e o link para o facebook. Sirvam-se. Ou passem discretamente. Como queiram. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Roupas? Tem tudo. Brinquedos? Tem tudo. Conta no banco, libras de ouro, you name it, he has it. Muito do que o dinheiro pode comprar e do que os pais querem dar, ele tem. Mas o que é que ele não tem tinha? Pelas razões óbivas, uma bateria. Bateria de instrumento musical, não bateria de telemóvel, ou isso. E as razões óbvias são: os pais podem comprar uma bateria para o puto, mas obviamente a ideia nunca lhes causou outro sentimento que não medo. E então pronto. Apesar de atrasada lá chegou a madrinha, com o embrulho que iria mudar a vida da criança. Foi vê-lo de baquetas nas mãos a dar por terminados todos os diálogos que estavam a decorrer. E ainda o hei-de ver, quase a entrar para a Universidade, a dizer-me:

 - Oh madrinha, eu tenho aqui guardada uma memória que envolve o meu segundo aniversário e uma bateria. Lembro-me que adorei, e que me diverti imenso. Mas depois daquele dia nunca mais a vi. Ela existiu mesmo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

In your face, David Fonseca

por Bad Girl, em 18.10.09

Lamentavelmente as fotos aqui no sapo ficam minúsculas, e não dá para apreciarem a minha glória em pleno. Passo a explicar: o meu reader sugere-me o meu blogue, com 460 subscritores e o do David Fonseca, com 452. Está bem que ele vende para cima de uma catrefada de CD e escreve meia dúzia de posts por mês, mas não digam isso ao meu ego. Não vá ele desinchar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não deixa de ser curioso

por Bad Girl, em 17.10.09

Não deixa de ser curioso que o país que quase faz da escarradela para o chão Património Imaterial (aqui balanço) da Humanidade fique chocado com a cuspidela (um bocadinho a dar para o filme porno) da Maitê.

Não deixa de ser curioso que um país com indíces de abstenção elevadíssimos se encha de orgulho nacional e se mobilize a fazer parte de um abaixo assinado.

Não deixa de ser curioso que um país com ditados populares que dizem "de Espanha nem bons ventos nem bons casamentos" e "ficar com um olho no burro e outro no cigano" acuse alguém de ser preconceituoso com todo um povo.

Achei piada ao vídeo da Maitê? Tanta como acho a um paralelo no chão. Em trocados, nenhuma. Não gostei. Achei de mau gosto, sem graça e denotante de uma falta de cultura e interesse por parte de quem o "criou".

Gosto da Maitê? Não, e não é de hoje. Pegava nela e na Julia Roberts e punha-as a ilustrar a minha definição de "put@ virgem".

Mas também não gosto e não acho piada ao facto de ser inundada com apelos à indignação. Porque começo a pensar: estas pessoas preocupam-se efectivamente com a imagem do nosso país? Terão todas ido votar? Reciclam? Respeitam os sinais de trânsito, as filas? NUNCA terão conotado romenos com pedintes em semáforos? Brasileiras com prostitutas? Mulheres louras com mulheres burras? Cascais com tias? Homens de leste com trabalhadores das obras? Muito pode indicar a indignação de um povo. Uma dessas coisas é que esse povo acabou de se ver ao espelho e não gostou do que viu. 

Um pedido de desculpas formal parece-me suficiente. Afinal, e se fizermos as contas, o vídeo foi gravado em 2007. Depois disso a Maitê já teve um caso com Miguel Sousa Tavares. Haverá castigo maior?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vivemos no país do "se Deus quiser"

por Bad Girl, em 16.10.09

Agnosticismos à parte, a verdade é que neste país prevalece o catolicismo, cuja prática (ou não) aumenta na proporção directa dos problemas das pessoas. Chame-se-lhe Deus, Buda, Alá ou Universo, a verdade é que, mais tarde ou mais cedo todos damos por nós a meter uma cunha a uma entidade superior. Mas não é disso que eu quero falar. Quero, sim, falar da inimputabilidade que por cá conferimos a nós próprios na nossa vida. "Se Deus quiser". É assim. Eu por mim amanhã venho trabalhar, mas se Deus não quiser, então não me pões a vista em cima. A culpa nunca é nossa, a responsabilidade é enxotada da nossa vida com a mesma celeridade e displicência com que afastamos uma mosca. Se Deus quiser eu hei-de fazer as coisas. Se não fiz, pronto, foi Deus quem não quis. Assim é fácil. Afinal, o que podemos nós contra o todo-poderoso? Se Ele, que tudo vê, tudo sabe e tudo pode, não quer, como é que eu hei-de conseguir? Pois eu cá concluo as coisas de uma forma ligeiramente diferente, se é que me permitem. Apesar de agnóstica (ainda que teísta), a coisa apresenta-se diante dos meus olhos de uma maneira clara: além de todo-poderoso, omnipresente e omnisciente, parece que Deus (Alá, Buda, o Universo) é bonzinho. Portanto, é partir do princípio que Ele quer. Mas o Mundo é assim uma coisa um tanto grande, e está muito habitado. Por isso, o melhor é deixarmo-nos de merdas. Se Deus quiser, nada, ele quer sempre. E nós, será que queremos? E estamos dispostos a ir à luta? Hoje fico-me por aqui. Amanhã volto. Se Deus quiser.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da série mulheres fortes como o c@r@ç@s

por Bad Girl, em 16.10.09

Recém chegada do bloco operatório, após mais uma interminável cirurgia à coluna, ainda baralhada pela anestesia, foi ouvir a minha mãe "dar na cabeça" do marido da senhora da cama ao lado:

 - O senhor tem um ar abatido (não, ela não o conhece de parte alguma). E não pode. Quando estamos doentes precisamos é de quem nos dê apoio, não podemos andar a dar colo aos outros.

E pronto. Sabe mais em recobro do que muita gente acordada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E quando dou de caras com um "ex" na televisão, a explicar porque é que um candidato (o seu, claro) não ganhou aquela Câmara?

Verifico que:

1 - Está mais gordo.

2 - Está velho.

3 - Está com um aspecto desgastado.

4 - Está do lado dos derrotados.

Então sorrio. É assim que todos os "ex" devem estar. Ou, pelo menos, os que nos magoaram.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Yo no creo en brujas...

por Bad Girl, em 14.10.09

Ando preocupada com esta história do bruxo que anda a fazer mal ao Cristiano Ronaldo. Verdade. Corta-se-me o coração ver um senhor tentar meter medo a um rapaz nado e criado em Câmara de Lobos. Ele já pôs os pés naquela terra? Ele já viu fotos da Dona Dolores e do resto da entourage do CR? Constantemente rodeado por aquelas pessoas, o senhor Pepe, ou lá como é que ele se chama, acha que mete medo ao CR? Bruxos como ele come o CR ao pequeno-almoço. Eu cá não simpatizo com o CR. E não, não é inveja. E também não, não é um desejo recalcado de ser arrebatada por ele e levada de barco para a Sardenha. Não. É pura e simples embirração. Sem grandes explicações. Agora o que me parece absurdo é que um bruxo apareça, vá à televisão (pode chamar-se televisão à TVI?) e seja capa de jornais (pode chamar-se jornal ao Correio da Manhã?) apenas e só porque disse que vai espetar alfinetes nos calcanhares do CR. A clientela fraquinha de cabeça que já lhe deve ter batido à porta depois de toda esta publicidade gratuita deve ser coisa para fazer uma fila do Continente em véspera de Natal parecer apenas um pequeno ajuntamento de pessoas. 

Apesar da minha embirração com o moço, não lhe desejo mal. E espero que este bruxo (e mais aquele outro bruxo que lhe faz as magias negras para fazê-lo baldar-se grandemente nos jogos da selecção) seja rapidamente desmascarado e posto no único sítio onde há lugar para pessoas como ele: na cidade do esquecimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu vi o vídeo. Juro que sim. Duas ou três vezes. A única coisa que consegui achar foi que a senhora estava a fazer figura de parva. E sim, também lhe notei alguma falta de senso e achei-a "proud to be stupid". Mas, convenhamos, o que a senhora estava a tentar fazer era humor. Correu-lhe mal, até porque ela não me parece ser assim a pessoa mais inteligente do Mundo. Mas abaixo-assinados? Repúdio público? Isso não é dar-lhe mais importância do que a que ela merece? Eu quedo-me por aqui sobre este assunto.

 

(Agora vou ligar para o técnico informático do hotel de 5 estrelas onde me encontro para lhe pedir que venha olhar para o rato do computador com espanto. Se a acéfala teve um destes, eu também quero.)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.