Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Afinal também tenho desejos para 2011

por Bad Girl, em 31.12.10

Um deles é que extinga da face da Terra a espécie "lambe-botas".

Eu sei que sou toda "paz e amor" no que toca aos bichos, e isso, mas estes animais eu preferia vê-los desaparecer.

 

A única coisa que me alegra a alma é que o complexo "always a bridesmaid, never a bride" os acompanhará até ao dia em que se finarem para o Mundo. Que não esteja longe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cara febre,

por Bad Girl, em 30.12.10

Chateia-me pouco que tenhas decidido deixar-me durante a noite, sem dar a mais pequena explicação. A nossa relação não estava bem desde o princípio, e tu percebeste. Afinal és inconveniente, mas não és nada parva. Achei simpático que tivesses levado contigo as dores que tinhas espalhado pelo meu corpo todo. Afinal foste tu quem as trouxe. O que me lixa no meio disto tudo, se queres que te diga, é que era suposto teres levado a porcariado ranho (pardon my french) e teres deixado ficar a voz. Não era o contrário. Eu adorava gritar aos quatro ventos que tu és uma ladra reles mas não posso. Porque pareço um filme mudo. A cores. Ah, e por falar em cores, amarelo não era a cor da minha cara antes de tu chegares! Porquita! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dos elogios

por Bad Girl, em 30.12.10

Um dos melhores programas que 2010 trouxe foi "Portugueses pelo Mundo". Dinâmico, descontraído, despretensioso e interessante. O formato é simples: conhecer portugueses que vivem fora de Portugal. Longe da imagem do emigrante que partiu apenas com a sua mala de cartão e vive "guetizado", o programa apresenta-nos pessoas genericamente felizes e integradas na sociedade que os rodeia. Como não há bela sem senão e nada me saca assim um elogio de caras, o chato é estar sempre a tentar adivinhar a que horas dá o programa que, pelo que me apercebi, nunca conquistou dia e hora fixos na programação da estação pública, e parece saltar sempre que dá jeito.  

Ainda assim, não deixa de ser um belo exemplo de serviço público. Dos poucos, devo acrescentar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Só para me esclarecer

por Bad Girl, em 30.12.10

As pessoas que acham que a vida muda só porque o ano vai mudar são as mesmas que fazem listas com pedidos ao Pai Natal?

Deito-me no dia 31 de Dezembro e no dia 01 de Janeiro, quando acordo, a minha vida fez um reset? Eu até acredito que a bebedeira da festa do dia 31 de Dezembro passe durante a noite, agora o resto... duvido que se tenha movido um centímetro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não me apetece falar mais da Ensitel...

por Bad Girl, em 29.12.10

O tema esgotou-se em menos de nada. Tenho lido algumas coisas (demasiadas, se querem que vos diga) sobre o assunto. Só quero fechar aqui com o seguinte: eu acompanho o blogue da Jonas há muito tempo. Não li os posts da Ensitel de rajada nos últimos dois dias, como muita gente que agora opina sem saber bem sobre o quê. Fui lendo os posts à medida que eles foram sendo publicados. Nunca aqui falei sobre o assunto. Era um problema entre a Jonas e a Ensitel que acabou por ser resolvido. Mal, na minha opinião. Mas é apenas a minha opinião. Não me manifestei nessa altura, não achei que me dissesse respeito. Passou a dizer-me respeito quando li que a Jonas foi intimada a retirar os posts do blogue dela. Porque já não é sobre uma empresa que tenta passar por cima dos direitos dos consumidores. É sobre uma empresa que tenta usar o seu poderio económico e a sua capacidade de pagar a advogados (ia escrever bons advogados, mas parece-me que não o são) para intim(id)ar uma pessoa a abdicar da sua liberdade de expressão. E isso, como precedente, é grave. Se dúvidas houvesse quanto ao despotismo da Ensitel, ele ficou esclarecido quando a primeira atitude da empresa foi apagar os comentários não abonatórios que lhes foram deixando as pessoas revoltadas. Reforçado pelo comunicado "vomitado" no final do dia de ontem. Não só a Ensitel mente, quando diz que não põe minimamente em causa a liberdade de expressão (mas quem é que apagou comentários no FB?), como se coloca num altar, suportado pelo débil argumento de terem 21 anos. Sim, e? Isso significa o quê, concretamente? Que há 21 anos atrás vocês não sabiam o que era o FB e continuam sem saber? O que eu quero não é que a Jonas tenha um telemóvel topo de gama, como se grita por aí. Nem creio que seja isso que ela quer. O que eu quero é que a Jonas (e eu, e toda a gente) seja livre de dar a sua opinião e de relatar factos da sua vida sem ter uns senhores com um lápis azul a medir as suas palavras.

A minha causa é essa.

Quanto à Ensitel, se querem que vos diga o que acho, nada irá mudar. Talvez aprendam a gerir uma empresa nos dias de hoje (coisa diferente de há 21 anos atrás). Não irá falir. Não irá mudar de atitude perante os clientes. Não passará a medir melhor a possível dimensão das suas acções. Não irá reverter a situação a seu favor (nem sonham quão simples seria fazê-lo). Não irá aprender nada com isto. As pessoas que nunca lá puseram os pés vão continuar a não pôr. As que sempre lá foram vão a correr atrás da primeira promoção que a marca faça. O problema dos BUZZ nas redes sociais é que têm o efeito da pedrada no charco. As "ondas" que advêm do impacto vão fraquejando e acabarão, eventualmente, por desaparecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Acabo de ver o comunicado da Ensitel sobre o assunto do post abaixo. Estou em crer que a Ensitel está longe de se dever preocupar com as redes sociais e a opinião pública. O grande inimigo da Ensitel é a Ensitel.

Quem reage assim a um turbilhão de publicidade negativa ofende todos os bons profissionais que trabalham com competência e "fora da caixa".

À Administração da Ensitel tenho apenas a minha opinião a oferecer (não precisam de me processar, é só uma opinião...). Quando se dá um tiro no pé esquerdo não se diz: "Fod@-se, dei um tiro no pé esquerdo. E isto está a sangrar muito, o que é que eu faço? Já sei, vou dar um tiro no pé direito, só para ensinar ao pé esquerdo quem manda aqui!"

Este comunicado, tirado da página de FB da Ensitel, merece um enorme e barulhento: Duh!

 

A Ensitel, Lojas de Comunicações, S.A. (“Ensitel”) está a ser confrontada com um conjunto de declarações divulgadas através das redes sociais Facebook e Twiter, decidindo por isso, apresentar o seguinte breve esclarecimento:

A “Ensitel” não põe minimamente em causa qualquer tipo ou forma de liberdade de expressão, mas repudia, rejeita e não aceita ser alvo de uma autêntica campanha difamatória, assente em factos absolutamente falsos que têm como único intuito denegrir a imagem e boa reputação que a “Ensitel” construiu ao longo de 21 anos, apenas porque o cliente não se conformou com uma decisão judicial que lhe foi desfavorável.

Nestes 21 anos de existência, os clientes têm sido e continuarão a ser o maior valor da Ensitel, garantindo a mesma, que todos os seus direitos são preservados e salvaguardados.

A Administração

 

À falta de uma reacção que demonstre respeito pela Jonas e por todos os que se insurgiram contra esta gravíssima falta de noção democrática, só tenho a dizer aos senhores da Ensitel que o vosso logótipo é a coisa mais feia que existe. Logo a seguir à vossa atitude. Passai bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu nunca fui a uma loja Ensitel - relato de um facto.

Não gosto do logótipo, não gosto das montras e acho toda a disposição dos produtos nas lojas por onde passei muito medíocre - opinião.

Isto é um blogue - facto.

 

No meu blogue eu estou a relatar um facto sobre a Ensitel e a dar a minha opinião pessoal sobre a minha (pequena) experiência com a tal da marca. Feio. Logótipo mais feio do que aquele não há. 

 

Ora o que eu estou a fazer não é diferente daquilo que fez a Jonas, no blogue DELA sobre a lamentável experiência que teve com a ENSITEL (a do logótipo feio). O problema é que os senhores da Ensitel não gostaram. E, como ainda deve haver quem ache que vivemos no pré 25 de Abril (eu compreendo, os senhores da Ensitel acham que, se o PM pode censurar a liberdade de expressão, eles também podem) soltaram os advogados em cima da Jonas que, ora fod@-se, teve a ousadia de querer trocar um telemóvel avariado! Rai's partam estes consumidores, porra. Está avariado, olha, come e cala. Mete esse para canto e compra outro. Na Ensitel, claro.

 

E isto fica por aqui? Não, não fica. A Jonas foi intimada a tirar os posts que denigrem (ah-ah-ah-ah-ah, não me façam rir, que me faz doer as costas!) a imagem da Ensitel. Pois bem. O problema da Ensitel é que está longe de imaginar o quão vasta e (quando quer) solidária é a blogosfera. Uma previsão assim por alto sobre o número de bloggers que vão falar e expor o assunto ATÉ À EXAUSTÃO: muitos. A injustiça é uma coisa que, parecendo que não, chateia as pessoas com carácter. Mas não fiquem tristes. Há aquela frase de  Brendan Behan que diz "there is no such thing as bad publicity". Esta é a parte conhecida. Poucas pessoas sabem que ela termina com um "except your own obituary."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Grinch? Quem, eu?

por Bad Girl, em 27.12.10

Uma ex-colega mandou-me uma mensagem de Natal muitíssimo querida. Foi reencaminhada à pressa e ela não retirou a assinatura da pessoa que lhe mandou a mensagem a ela. Pessoa essa que é uma besta quadrada por quem nutro o mais puro dos desprezos.

Uma das pessoas de quem mais gosto ofereceu-me um livro, com dedicatória e autógrafo do autor. Esse autor é das piores pessoas que tive o (des)prazer de conhecer e o meu estômago revolta-se só de ouvir o nome dele.

Se era uma mensagem que o universo me queria mandar, tipo “esquece o passado”, “deixa de ser rancorosa” ou “dá a outra face”, era bom que tivesse escolhido uma altura em que não se comesse bacalhau e as casas não tresandassem a canela. É que, à partida, eu não sou propriamente uma pessoa que releva o mal que os outros lhe fazem. Quando estou com fome, então...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do Natal

por Bad Girl, em 26.12.10

A única coisa que peço, há anos, ao Pai Natal, é que o dito passe rápido.

Estás a melhorar, criatura, mas ainda assim... aquém. Relativamente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desejo de Natal

por Bad Girl, em 24.12.10

Leio nos destaques do SAPO que Cardozo, jogador do Benfica,  quer "voltar a gritar Campeão!". É uma questão de lhe dizerem a que horas passa o autocarro do FCP e onde. Se quiser até pode bater palminhas também. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.