Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu respeito a terceira idade...

por Bad Girl, em 28.02.11

Aquilo de serem "história viva", cheios de coisas e vivências para contar parece-me muito bem, acho belíssimo que não se esqueçam dos mais velhos, que lhes seja dado colo, carinho e atenção.

 

Esclarecido  isto, gostaria então de perguntar quem é que teve a brilhante ideia de pôr o Kirk Douglas a falar? NÃO SE ENTENDEU NADA!!!!!

 

É sempre muito bem pensado pôr alguém com um discurso ininteligível a falar para biliões. Assim, ao invés de ser recordado pela grande carreira, por bons papéis, pelo seu contributo para a indústria cinematográfica, será sempre o dono dos 3 minutos mais longos da televisão em directo. Está certo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sinais

por Bad Girl, em 28.02.11

Foi no exacto momento (por volta da 1h30m) que o meu Facebook "crashou" (a wall só dava branco) que eu percebi que "Social Network" não ia ganhar nada de jeito.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se alguém vestir Dior (Galliano, portanto) tem uns tomates do tamanho do Mundo... e talvez desapareça do mapa das grandes produções por uns bons tempos...

 

( E antes dos Oscars. Não é para todos...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Judite de Sousa na TVI?

por Bad Girl, em 24.02.11

Tão coerente como os jogadores do Real Madrid começarem a jogar de saltos altos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não só não entendo...

por Bad Girl, em 24.02.11

... como não consigo estar calada.

 

Pobre do preso. Estava na vida dele. Pois estava. E vivia na merda, qual é o problema? A maior parte das pessoas que eu conheço também anda sempre a dizer que está na merda, e eu não sou menina para me meter a emprestar-lhes a empregada. E está preso, pois está. Todos sabemos que há pessoas que estão presas por serem boas pessoas, é tipo um prémio. Na ausência de condecorações disponíveis, diz-se à pessoa, que acabou de fazer uma boa acção, que agora é que vai ser bom, vai ali para Paços de Ferreira, vive à custa dos contribuintes e tudo o que tem para fazer é limpar a merda que faz. Aliás, se decidir cagar na latrina, que é o sítio da merda, terá menos o que limpar. Mas o moço fica zangado. Está habituado a não fazer a ponta do corno, até porque, toda a gente sabe, fazer boas acções é coisa que cansa. E espalha a merda pela cela fora, que é o mesmo que dizer que agora nós decidimos fazer isso em casa, espalhar merda e comida e tudo quanto há pelo quarto onde dormimos. E não limpa, pois não. Ele faz o que quer, que ele está ali porque não havia comendas disponíveis, e ninguém lhe diz o que pode ou não fazer, regras é para os outros, aqueles que estão presos com ele e que até reclamaram do cheiro da merda. Ora quando as pessoas são teimosas e, porque não?, umas bestas, e não vão lá com conversas, há que dar um jeito à coisa. E sim, está bem, ele está no direito de viver no meio da merda, quem está mal que se mude! Ah, pois, quem está mal também não pode mudar-se. E pronto. Mandam-se os senhores, que estão a fazer o trabalho deles. E eles perguntaram a bem, pois perguntaram, se ele não queria limpar a merda que fez. E ele disse que não, pois disse, estava no direito dele. E os senhores fizeram aquilo que os meus impostos - estes bem empregues - lhes pagam para eles fazerem, e até seguiram as regras. Fosse eu àquela pocilga, empinada nos meus saltos agulha, e o senhor havia de limpar a merda com as próprias mãos, para não dizer com a língua, que eu até estou a tentar controlar-me. Mas agora o país está chocado. Coitadinho do senhor que gostava de chafurdar na merda, na sua merda, é deixá-lo. O país passa diariamente por mendigos a dormir em viadutos, em entrada de prédios, ouve a vizinha gritar com a porrada de criar bicho que o marido lhe dá, vê crianças a fumar e pré-adolescentes a caírem de bêbados, animais a serem maltratados, ignora a pessoa que pede dinheiro para comer, aplaude o homicida Renato Seabra e fica chocado com um c@r@lho de um choque que o porco do preso teve que levar para limpar a própria merda, que incomodava toda uma comunidade de seus pares. E vem a sociedade em choque, vítimas solidárias de um taser metafórico, que compra o Correio da Manhã com fotogramas de um homicídio, e a esquerda caviar, que lambe as botas de Fidel e de quantos há para quem um taser é um presente de aniversário para oferecer aos seus prisioneiros, mostrar indignação.

Estou com dores de cabeça e com a neura, perdoem-me o disfemismo e não me fod@m o juízo. Não me venham com hipocrisias de almanaque, que eu já não tenho idade para histórias da carochinha. Se há um bom investimento dos meus impostos nesta história de merda não é o que é gasto com o chafurdão. É o que é gasto com estes polícias. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Portugal dos pequeninos

por Bad Girl, em 21.02.11

O telefone toca no meio do filme. A sala de cinema está mais cheia do que vazia, mas que isso não sirva de impedimento. Sabem exactamente como fazer:

Gritam um sussurro (ou sussurram um grito??):

 - Estou? Olha, agora não posso atender. Estou no cinema.

 ...

 - Vim ver aquele da bailarina...

...

 - Isso, Black Swan.

...

 - Sei lá. Lá para as oito.

...

 - Está. Mas olha... espera que eu te ligue, que eu vou estar no cinema e não posso falar.

 

E é nesse preciso momento que eu percebo que, se as minhas pragas servissem para alguma coisa, a gaja havia de sair dali sem orelha, sem mão, e com um cabrão de um telemóvel em pedaços.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se é verdade...

por Bad Girl, em 20.02.11

... que os filmes são sempre piores do que os livros que estão na sua origem, ninguém me apanha a ver o "Budapeste".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda da sabedoria do Sr. D.

por Bad Girl, em 18.02.11

A crise, menina? Está certo que isto não está fácil, há mais desemprego e a vida está mais cara. As pessoas que não têm trabalho podem queixar-se, menina, desde que procurem um trabalho. E as outras? Não têm dinheiro... pois não. Olhe, a gasolina está mais cara, eu comecei a vir para aqui de Metro. O carro só sai da garagem ao fim de semana ou quando é para levar a minha mulher às consultas. Não posso ir almoçar fora aos Domingos, como antigamente, vou só uma vez por mês. Se não como iogurtes Mimosa como dos do Pingo Doce. A menina não conhece ninguém que me tenha visto a queixar. Os meus vizinhos da frente, olhe: ela é enfermeira, ele trabalha num Banco. Saem os dois de carro, cada um com o seu. Os filhos já marmanjões (para quem não sabe, é o mesmo que crescidos) vão eles leva-los à escola, de carro. Cada um com o seu telemóvel e com aquilo de pôr nos ouvidos. É só roupas de marca. E levam a vida a queixar-se. Está difícil, pois está. Principalmente para quem quer levar a vida que tinha antigamente.

 

A mim faz sentido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bad's speech

por Bad Girl, em 17.02.11

Caros concidadãos e leitores,

Atravessamos um momento difícil. Esta vossa rainha dos filmes, Sua Alteza Cinéfila Bad Girl "the first", esteve ausente das salas de cinema por demasiado tempo. Esta separação, ao invés de se tornar profícua, apenas veio transformar Ma'am Bad num poço de cepticismo. Contudo, não temeis. A V. rainha tem a solução, e esta implica incursões a todas as salas de cinema mais próximas durante os próximos dias. Não pretendo fazer reféns, mas uma coisa vos garanto: vão rolar cabeças. A do Woody Allen já lá vai. Outras se seguirão.

Sua Alteza (olha eu a falar na terceira pessoa, à jogador da bola) gosta de coisas nos filmes, antes de gostar dos filmes. Sua Alteza gostou da Natalie e da estética de Black Swan. Sua Alteza acha que o Colin merece o Oscar, apesar de ainda não ter visto os outros. Convém dizer que Sua Alteza implica soberanamente com Jeff Bridges. Sua Alteza está em crer que só o Colin, em A Single Man consegue superar o Colin em King's Speech. Sua Alteza duvida que haja alguém, nos dias que correm, capaz de fazer frente a Colin, já que Hopkins se passou para o lado do mal, de onde nunca chegou a sair definitivamente. Sua Alteza quer dizer a Colin que se lembre que ainda há 7 anos estava a contracenar com a Lúcia Moniz, e vejam só onde está agora. O céu é o limite, Colin.

 

PS - Gostei também de Geoffrey Rush, que papelaço.

PS2 - Bonham Carter... não me convences.

PS3 - Este post esteve para se chamar "Colin, faz-me um filho!", mas o senhor aqui do lado disse-me que o hiperbolismo das pessoas deve ter alguns limites e um deles é o chamamento de outros machos ao nosso lar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para despachar já este

por Bad Girl, em 17.02.11

Se me interessasse ser uma blogger consensual, não me apanhavam a dizer isto, mas a verdade é que não estou aqui para agradar a ninguém. E, por isso mesmo, cá está: não sou uma "Woody Allen person". Nunca fui. Acho que nunca serei. Ainda que ele pegue no melhor actor do mundo e arredores (Anthony Hopkins, para aqueles que tiverem alguma dúvida) e perca alegadas qualidades. Não é que You will meet a tall dark stranger seja um filme mau. Mas não é bom. Nem especial, nem interessante. Para Domingo à tarde não está mal. Pena que hoje é quinta-feira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.