Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Posts pendentes

por Bad Girl, em 08.01.13

Deixei ali nos rascunhos um post intitulado "Ando com um feitio de merda!". Vou comer uma bomboca (duas, vá) e ver se depois disso ainda me faz sentido publicá-lo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ora bem, por onde começar?

por Bad Girl, em 06.01.13

Pessoas do meu Facebook têm estado, nos últimos dias, dedicadas a publicar o texto abaixo:


No dia cinco de Janeiro do ano de dois mil e treze, encontrando-me no pleno gozo das minhas faculdades mentais, eu, titular desta conta no Facebook, declaro, para quem interessar e em especial para a empresa administradora do Facebook, que os meus direitos autorais estão ligados a todos os meus dados pessoais, comentários, textos, artigos, ilustrações, quadrinhos, pinturas, fotos e vídeos profissionais, etc (como resultado da Convenção Berner). Para uso comercial dos itens mencionados acima, o meu consentimento por escrito será sempre necessário. Pelo presente comunicado, venho notificar o Facebook que fica estritamente proibido de revelar, copiar, distribuir, divulgar ou tomar qualquer outra ação contra mim com base neste perfil ou o seu conteúdo. As referidas acções proibidas também se aplicam aos funcionários, estudantes, agentes ou membros de qualquer equipa, sob a direção ou controle do Facebook. O conteúdo deste perfil é privado e suas informações confidenciais. A violação da minha privacidade será punida por lei (UCC 1 1-308-308 1-103 e Estatuto de Roma) e no Brasil pelo Código de Protecção e Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90)".

OBS: O Facebook é agora uma entidade de capital aberto. Todos os membros são aconselhados a publicar uma nota como esta. Se não publicar uma declaração pelo menos uma vez, estará a permitir o uso de informações ou fotos, bem como as informações contidas na sua actualização de status do perfil. Deve copiar e colar este texto.



Como não sei sequer por onde começar, vou por partes, como diria Jack, o Estripador...

Primeiro, a coisa da declaração do pleno gozo das faculdades mentais. Uma declaração que é tão séria (certamente reconhecida por um notário com uma conta no Facebook) carece de pleno gozo de faculdades mentais. E é bom tratar logo disso de poderem achar que nós estamos tolinhos quando escrevemos uma coisa a reclamar propriedade intelectual num perfil de Facebook. Depois tudo me leva a crer que os senhores do Facebook, quando forem ler, perfil a perfil, esta actualização de status, vão ligar para o Zuckerberg, em pânico, num diálogo que passará mais ou menos por isto:

 - Estou, Mark?

 - Sim, quem fala?

 - É o Zé.

 - Zé? Que Zé?

 - O gajo português que tu contrataste para ler os perfis todos dos utilizadores portugueses.

 - Ah, desculpa lá, Zé. Não estava a reconhecer a tua voz. Diz lá.

 - Oh pá, é para te dizer que 90% dos utilizadores portugueses já colocaram aquele aviso no perfil deles. Estamos proibidos que usar as coisas que eles publicaram nos perfis.

 - O quê? Os gajos estão tolos!

 - Não estão nada. Diz lá que estão no pleno gozo das suas faculdades mentais.

 - Oh, nããããããããããão!!!!!!!

Depois vamos à segunda parte, e ainda a procissão vai no adro: "os meus direitos autorais estão ligados a todos os meus dados pessoais, comentários, textos, artigos, ilustrações, quadrinhos, pinturas, fotos e vídeos profissionais, etc". A ver se eu entendo. A pessoa que está no pleno gozo das suas faculdades mentais (suponho que inclua a parte do raciocínio lógico) é dona de todas as fotografias que encontrou na net e partilhou. De todas as frases, creditadas ou não, de outros autores que, por serem tão carregadas de simbolismo, a pessoa partilhou. Dos vídeos que sacou do Youtube e partilhou. A pessoa, que goza em pleno das suas faculdades mentais acha normal partilhar o que é seu mas Deus nos livre que alguém use isso, que deu tanto trabalho a roubar. Este texto ridículo, por exemplo, estará protegido? É que anda a circular por todo o Facebook. Os utilizadores (titulares das contas, so they say) andam a proteger-se das pessoas do Facebook, esses ladrões de ideias e de fotografias alheias. Mas... quem é que nos protege dos "titulares"? Vamos lá a outra: "O conteúdo deste perfil é privado e suas informações confidenciais". Isto partilhado por gente que escarrapacha toda a sua vida na rede? As férias, os filhos, o que comeu, o que bebeu, onde foi, o que viu... estamos a falar a sério? Gente que aceita amizade de qualquer pessoa e que se expõe, agora de repente está preocupada com o que vão fazer com as "suas" ideias? 


Estas coisas não deviam ter a capacidade de chatear-me. O que mais há por aí é gente ignorante. Gente que não pensa antes de colocar um rumor a circular. Gente que não sabe nada sobre nada, que não se preocupa em saber. Pessoas que não hesitam em usar as coisas dos outros mas que acham que há uma empresa enorme que, lá no outro lado do mundo, quer saber dos seus pensamentos, das suas fotografias em biquini. Esta é a gente que compõe o mundo: gente ignorante que papagueia vergonhosamente a estupidez dos outros.

Já agora, a convenção de BERNA, data de 1880. Aconteceu por pressão de Victor Hugo, autor francês. Foi revista várias vezes ao longo do tempo, tendo a última sido 1979. Data em que terá nascido o Facebbok, como todos sabemos. De resto, a CUB até poderá proteger o que fazemos online. Por isso, quando colocarem na actualização do vosso status "Fui fazer chichi e a casa de banho do shopping estava cheia", é ao abrigo da CUB que poderão defender-se, quando os senhores do Facebook forem roubar esta vossa pérola. Seguidamente, há a referência ao UCC 1 1-308-308 1-103. Ora o Uniform Commercial Code (made in USA e eu tenho algumas dúvidas que seja aplicável mundo fora) data de 1962 e o seu objectivo seria o de facilitar o comércio interestadual (na América, compreenda-se). A secção 103 diz que as leis contratuais são as leis aplicáveis, a menos que suprimidas pelo UCC e a 108 diz que as assinaturas electrónicas são válidas contratualmente. Facebook, estás lixado, isto é gente que te vai fazer a vida negra. Já o Estatuto de Roma estabeleceu a criação do Tribunal Penal Internacional, que presumo seja o sítio onde o Mark Zuckerberg terá de prestar contas e, quanto à lei brasileira nestes posts... tão fucking ridiculous como tudo o resto. Não sei se ria, se chore, a acefalia das pessoas preocupa-me. Não é pelo puto do disclaimer do Facebook, isto é tão parvo que só me dá para abanar a cabeça e encolher os ombros (não ao mesmo tempo, que magoa), mas por todos os indicadores que se podem ver daqui. Somos gente que encarneira. Que reclama para si direitos que não pratica. Que cita qualquer idiota que se apoie numa Lei, exista ela ou não. Tanto chão por aí para lavar... 



Autoria e outros dados (tags, etc)

'Nós' temos muita graça...

por Bad Girl, em 03.01.13
Quando MQT querido quer proceder à manipulação da minha pessoa de forma a fazer passar uma ideia que, por alguma razão, ele acha brilhante, usa o 'nós'. Ele acha que se 'nós' fizermos exercício físico, 'nós' ganhamos mais resistência no joelho e assim 'nós' podemos ir esquiar para o ano, porque 'nós' já temos saudades.
Também há a bela ideia de 'nós' termos de dizer à empregada que ela não pode arrumar tudo onde lhe dá na real gana. Ou de 'nós' querermos muito ir ver os Muse.

Ora um destes dias o 'nós' voltou lá a casa, coincidentemente na mesma altura em que eu voltei para casa com umas conquistas dos saldos:
- Acho que devemos assumir um compromisso.
- Então?
- Era importante que, a partir de hoje, por cada peça nova que entre no nosso armário, façamos sair uma menos nova (sim, também acho que 'menos nova' foi para provocar).
- Acho bem.
- Achas?
- Acho. Mas preocupa-me que daqui a nada não tenhas roupa para vestir...

'Nós' somos espirituosos. É o que 'nos' vale...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.