Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Do Leão, ou lá qual é o bicho...

por Bad Girl, em 13.03.13
As miúdas acampadas à porta do Pavilhão Atlântico por causa do Bieber, "ai meu Deus, que isto é gente que não tem pais, bando de histéricas e mais o que houver..". As gentes em geral e as freiras em particular acampadas à porta do Vaticano à espera do fumo branco, isso já está bem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dos dias que vale a pena assinalar

por Bad Girl, em 11.03.13

Cosméticos testados em animais deixaram de poder ser vendidos na UE

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Totalmente de acordo

por Bad Girl, em 08.03.13

 António Borges: “O ideal era que os salários descessem”.

 

Começamos pelo de António Borges. Testar e medir. Logo vemos como corre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

... ou no conclave, ou lá o que é, podiam acrescentar na agenda um ponto para mudar as fardas aos moços da guarda:

 

 

Porque ou bem que se é guarda, ou bem que se é bobo da corte. Digo eu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

1111

por Bad Girl, em 06.03.13
Adoro capicuas :-)


Obrigada a cada um dos 1.111.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gosto de Mourinho

por Bad Girl, em 06.03.13

Gosto de Mourinho. Não gosto de Mourinho todos os dias, Mourinho não merece que eu goste dele todos os dias. Gosto de Mourinho e das suas qualidades, que muitos vêem como defeitos. E há dias em que não gosto de Mourinho porque as qualidades passam aquela linha ténue e se transformam em defeitos. Mourinho não sabe perder. Mourinho não sabe empatar. Mourinho não sabe, imagine-se, ganhar. Porque para Mourinho não são as vitórias isoladas de hoje que trazem o sucesso de amanhã. Mourinho não é humilde. Mas quando se é Mourinho não tem de se ser humilde. Nem esfusiante. Mourinho não é igual à maioria de nós. Mourinho é ele. Mourinho vê mais longe, aspira mais e não tem pruridos em assumir os seus objectivos. Mourinho quer ser o melhor. O mais vencedor. O mais bem pago. O melhor da classe dele. Mourinho não é dos que "cá se vai andando, nunca pior". A mediocridade, o mais ou menos, até o bom... não lhe chega. Por isso, Mourinho trabalha para ter o que quer. Posto isto, quando alguém ler isto, não pense que Mourinho teve uma clarividência rara, que foi dominado por um surto de humildade. Quando alguém ler isto, pense que mandam no Manchester United (acho eu que por esta ordem): os adeptos, Fergusson e os donos. E Mourinho sabe que, se garantir dois de três, fica mais próximo da ida para o ManUn. E isso é um objectivo. Um sonho para tantos outros... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Turismo

por Bad Girl, em 06.03.13

Antes de mais, quero dizer que não conheço Pedro Bidarra. E esse será, certamente, um problema meu. Já lhe li algumas coisas, conheço-lhe a polémica da CP e da senhora que queria ser sua mulher-a-dias. Não me desmerece consideração a sua opinião neste artigo, mas merece-me um encolher de ombros e um abanar de cabeça, tão desalentado pela visão empobrecida com que olha para o novo vídeo do Turismo de Portugal. Não sou partidária da generalidade das acções do Turismo de Portugal, e acho muitas coisas (a maior parte não são boas) sobre a instituição em si. Algumas delas já tive oportunidade de partilhar aqui.

Diz-me a experiencia que o mal está quase sempre nos olhos de quem vê, e parece-me que o seu artigo na Dinheiro Vivo, seguido de pequenas réplicas pelas redes sociais fora é uma ofensa sobredimensionada e mal aplicada.  
Estou ligada ao Turismo (ora de forma directa, ora de forma indirecta) vai para 17 anos. Se há coisa que eu sei, que não mudou e que será sempre uma verdade absoluta nessa área, mais do que em outras, é que é um negócio de pessoas. Não se enganem com tretas de infra-estruturas, paisagens, comida e outras coisas. Pessoas. O Turismo é um negócio de pessoas.
Não é para comer que as pessoas cá vêm. Portugal tem UM restaurante no ranking dos 50 melhores do Mundo. Está em 45º lugar.  A nossa comida é boa, sim senhor. Mas é de restaurantes portugueses que o mundo está cheio? Não me parece.
Talvez seja para beber. Afinal, estamos em 10º lugar nas melhores regiões de vinho do Mundo (França, Itália e França ocupam os primeiros três lugares).
Não é pelo Património que as pessoas cá vêm. Portugal tem catorze sítios declarados pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. Está em 18º lugar. Espanha, aqui ao lado, tem 44… 
Pelas praias. Será pelas praias? Não estamos no Top 10 no Guardian. Numa lista encabeçada por Espanha. Nem no Top 50 da CNN... Nem sequer no TripAdvisor.
Para a prática do ski também é o que se sabe, não vamos lá das pernas.
Não percebo, francamente, a “ofensa” generalizada. Certamente não entendo a repudia do Sr. Bidarra. Que acha que a Ana é uma rameira. Não sendo uma classe com a qual eu prive particularmente, parece-me difícil que, depois de "usar" a rameira, se feche com um "friends for life". Depois reclama que Avillez está a servir à mesa. E eu faço um daqueles esgares críticos, um misto de reprovação e de pena. Os Chefs, os bons, vão à sala falar com os clientes. Faz parte do trabalho deles. Parece que é uma coisa daquilo das relações públicas e de receber feedback do seu trabalho, ou isso. Quanto à senhora que se enrolou, diz o Sr. Bidarra, com o senhor do golfe, um bocadinho mais de atenção e daria para ler as coordenadas da mesma. Ela é de... Portugal. A senhora mudou de país por amor. Eu conheço gente assim. Que se enrolou com alguém que conheceu nas férias, no Erasmus ou até na internet, e que mudou de vida e de país. Se calhar tenho mais mundo, deve ser isso. E o senhor António, que dobra as toalhas e as camisas? O Ritz tem-nos. Chamam-se Floor Managers e encontram-se nos Four Seasons desta vida, por exemplo.
 Portugal é conhecido pelo seu povo hospitaleiro. A Ana não é uma rameira, certamente. A Ana pode muito bem ser a filha do leitor do Dinheiro Vivo, sim. A Ana é uma miúda que tem orgulho na sua cidade, que a conhece, e que a mostrou a uns estrangeiros que cá vieram. Não conte isto à Associação de Guias Interpretes de Portugal, Sr. Bidarra, mas isto acontece. E não envolve, necessariamente, a alcova. Lá estará, certamente, a interpretação, nos olhos de quem vê. Não somos criados, não somos servis. Somos hospitaleiros. Afáveis. Acolhedores. Somos corteses. E isso não está errado. É uma mais-valia que não se compra. Não se manda fazer. Não se ensina. A haver alguma coisa de errado com o filme (aos olhos de quem o vê, neste caso, eu) é o facto de ele existir. Não porque faz de Portugal um país de criados ou porque faz de nós umas rameiras e uns gigolôs. Mas se ele existe foi porque alguém achou necessário lembrar ao povo português para ele ser ele próprio. E isso não é justo.
O "humilhante" e "ofensivo" vídeo:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da coisa dos títulos

por Bad Girl, em 01.03.13

F.C. Porto confirma que Sporting tem metade de Izmailov

Espero que a nossa seja a metade do fim. O "Ilov". Mas não a metade das pernas, que diz que aquilo é moço que já não tem uns joelhos muito jeitosos.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

... voltou tudo ao que era.

 

Os meus olhos não queriam acreditar no que liam: o título da notícia era mesmo "Shiseido suspende testes cosméticos em animais"?!?!? A sério que fiquei tão pasmada mediante tamanho milagre, que até demorei um bocadinho a entrar na notícia per se. Ainda antes disso, fui espreitar à janela. Da última vez que um milagre destes ocorreu, havia uma estrela e nasceu o menino Jesus. Desta vez não quis perder pitada. Mas nada. Nem estrela, nem Reis Magos, nem menino, nem manjedoura... camelos, a haver, somos nós, os que ainda acreditam. Vai-se a ver e afinal a suspensão dos testes é uma coisa assim-assim, e "Os testes em animais continuaram continuarão (suponho que os senhores que escreveram a notícia quisessem usar o futuro) a ser feitos caso não exista outra solução e caso os produtos sejam comercializados em países onde é obrigatório realizar testes em animais.".

 

Portanto, descansem. Em japonês, "testes em animais" continuará a dizer-se Shiseido. 

 

 

 

Imagem daqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

The joke is on you...

por Bad Girl, em 01.03.13

As redes sociais transformaram o povo oprimido num povo com voz. Agora, num ápice, qualquer pessoa chega a qualquer lado e incendeia ânimos, gera empatia, cria causas. As redes sociais também nos deram superpoderes imaginários (não são todos?). De repente, achamos que qualquer indignação que decidamos publicar se transforma numa verdade, numa causa, numa luta.

Não sei se ria se chore do caso daquela senhora que foi multada por estar a aplicar rímel e da sua indignação, partilhada por milhares de portugueses, unidos em torno de mais uma causa alheia.

Eu vou explicar devagarinho, tanto quanto conseguir, o meu ponto de vista:

É-u-ma-in-frac-ção-da-lei.

É fodido, não é? Mas é a Lei.

Eu também não concordo com muitas leis. Acho que devia haver atenuantes. Por exemplo, se eu for à Fashion Clinic e trouxer meia dúzia de coisas sem pagar, não acho que deva ser considerado roubo ou furto, ou lá o que lhe chamam. Porque eu acho que sou uma embaixadora fantástica para qualquer marca, e eles deviam ter isso em atenção. É uma atenuante, não é?

E aquela coisa de pagar impostos? Eu sei que está na Lei. Mas eu garanto que todo o dinheiro que eu não pagar em impostos será aplicado em produtos nacionais, o que vai contribuir para a economia funcionar melhor. A meu ver, isto é uma atenuante do caraças!

E, já agora, quando eu estiver a conduzir e apanhar uma fila (aquela coisa chata do pára-arranca), vou aproveitar para despachar um ou outro email urgente. Eu sei que, legalmente, não posso. Mas eu sou uma pessoa ocupada, que gere uma equipa e que precisa de estar sempre atenta ao que se passa. Certamente há uma excepção à Lei para mim, que nem aplico rímel.

Se a senhora tivesse sido retirada do seu carro à força e empurrada para o meio do chão pelas autoridades, aí já teria alguma razão. Mas não. A senhora aproveitou aquilo que ela achou ser uma boa oportunidade para passar rímel nos olhos. Quando autuada, optou por não pagar. E, ainda cheia de razão, foi reclamar para o Facebook. Eu vivo com uma pessoa que acha mesmo que consegue guiar e ler mensagens/ emails ao mesmo tempo. E discuto isso até à exaustão. Ninguém tem o direito de colocar os outros (e a si próprios) em risco, por um nano segundo que seja, por achar que é um multitasker fabuloso. Está provado que as pessoas que estão ao volante não conduzem de forma segura se estiverem a fazer outras coisas que as desconcentrem. Além disso, as pessoas não estão acima da Lei. A Lei existe (a fiscal tenho dúvidas, mas as outras...) para nos proteger. Ser-se apanhado a infringir a Lei, quando isso significa estar a passar rímel nos olhos enquanto se conduz, não é assim tão grave. Grave é não perceber que sim, que isso é uma infracção e  -ainda pior- é indignar-se ao ponto de levar isso a público, como se de uma injustiça se tratasse. Não percebo este povo que, com a mesma rapidez com que se disponibiliza para crucificar pessoas em praça pública, se mostra solidário para com alguém que infringe uma lei. Estranhas perspectivas estas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.