Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cancro.
Tema novo, eu avisei.

Ora então espeto-vos aqui o meu boletim clínico, saltando as palavras complicadas e as partes chatas (sim, que há partes muito divertidas no meu boletim clínico, como devem imaginar...) da melhor forma que consegui lembrar-me.
Há duas quedas. De uma gosto bastante. Da outra nem por isso. Parece que para ter uma tenho de ter a outra, por isso, que lixe a prosa comparativa: cumpre-se a promessa feita há umas semanas de "mostrar" o novo corte de cabelo (enquanto ainda há), e aproveito para vos mostrar também a outra queda. A que interessa. A meta é o zero, mas caramba, vejam lá isto:



Eu clarifico:
Há 4 semanas: 36.000
Ontem: 800

Não é zero. Não é. Mas pode ser que lá chegue antes do dia em que a cadela sobe as escadas a abanar a cabeça em reprovação enquanto apanha cabelos e grita:
- Isto dava para fazer outro cão!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Disso do Blatter...

por Bad Girl, em 30.10.13

Pessoalmente não simpatizo por aí fora com o Cristiano Ronaldo, coisa da pele e empatia, nada a fazer, mas se há coisa que eu acho é que não há-de haver muito rapaz a jogar à bola que seja tão bom filho como ele. Por isso dizer que Messi é que é o filho que os pais gostariam de ter em casa... pft!

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Bad Girl, em 29.10.13
Gostava de voltar aos posts irónicos e refinados, cheios de inuendos e de um humor salpicado de ironia mas, lamentavelmente, o tema que hoje me traz aqui não o permite. O facto de haver este tema em cima da mesa diz-me que vivo num país governado por gente medíocre que cospe as suas ideias aspirando a uma ditadurazinha de trazer por casa. Há por aí gente iluminada que quer dizer quantos cães EU posso ter. A sério, se vocês são extraterrestres e aterraram neste país à beira mar plantado agora mesmo, eu vou explicar: uma pessoa, ou um conjunto de pessoas, diz que eu só posso ter dois cães. Ou quatro gatos. Peixes e pássaros é o que eu quiser, o que deita por terra a história da higiene, e isso. Posso ter 50 pombos em casa, certo? Cães é que é dois.... Mas como, meu Deus, como se atreve esta gente a dizer-me quantos elementos eu posso ter na minha família? Talvez a ministra não saiba que é disso que se trata, de família, apesar do focada que está em trazer crianças ao mundo (Deus a abençoe por isso). A senhora ministra, "democrata" "cristã" esquece-se que, lá longe, na China, também houve um déspota que decidiu multar quem tivesse mais do que um filho. Não há diferenças quando o princípio é o mesmo. A ministra acha que eu não devo ter três cães. Na China alguém acha que as pessoas não devem ter dois filhos. E não é justo. Porque não é o governo que sabe o tamanho do meu coração, o amor que eu tenho para dar, a capacidade que eu tenho de acarinhar um, dois ou vinte animais. O que sugere a ministra que se faça, caso a sua brilhante lei passe? Escolhemos o cão que está a mais? E qual é esse? O mais novo? O mais velho? O mais feio? O mais bonito? E depois? Deixamos na rua? Levamos ao canil? Mandamos abater? Entregamos ao Estado, que já não sabe o que há-de fazer sequer com as pessoas? O que faria a ministra se, agora, um déspota qualquer viesse lá da China e dissesse que a política do filho único é para aplicar aqui também? Como é que ela escolhia? Claro que um filho é um filho, um cão é um cão, e nada disto é a mesma coisa, é certo, mas é tudo família. E eu tenho muita pena de quem acha que estamos a falar de outra coisa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sou tão burra...

por Bad Girl, em 25.10.13
Mais uma oportunidade perdida. Podia ser uma blogger do caraças, daquelas que têm muitos likes e dão coisas. Uma blogger das categorias entre A e C. Tinha pegado no ouriço e tinha feito um passatempo:
Regras do meu passatempo:
- Fazer um like na página do blogue. Pimbas!
- Fazer um like na página da Rita Belixa.
- Sugerir um nome para o ouriço.
- Aguardar serenamente o resultado. O autor do nome escolhido para o ouriço ganhará xxxxxx (inserir aqui um prémio de categoria razoável. Ou não. Podem ser amostras que eu vou cravar para as páginas de Facebook das empresas de cosméticos em troca de posts).

Nunca serei uma blogger das boas por deixar oportunidades passar-me ao lado. Umas atrás das outras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Apresento-vos o ouriço enfermeiro, que me enviou a Rita Balixa por email há duas semanas (eu sei, sou uma nódoa, tenho mails com duas semanas para responder), criado com o único propósito de matar o meu bicho.
Digam lá se não se vê logo, pela pinta do "Picos", que eu vou ficar boa num instante?
Obrigada Rita Balixa. Aos outros lá chegaremos, mas desde já obrigada aos outros também - vocês mandam-me mails que me põe a chorar, depois eu não tenho sequer como começar a responder....

Autoria e outros dados (tags, etc)

Só me dão desgostos...

por Bad Girl, em 25.10.13
Bad Mum - Bom dia, e tal, ando às compras, blá, blá, blá, e coisa...
Bad - Onde foste às compras? Preciso de umas coisas.
Bad Mum - Aqui ao Continente onde costumo vir.
Bad - Ah, Já não vou a esse. A loja de animais à entrada só me faz querer trazer os cães todos.
Bad Mum - E hoje é que tu ias querer trazer um bem engraçado que lá está!
Bad sorri e pensa que mãe querida finalmente se rendeu ao amor pelos Frenchies.
Bad - Qual é?
Bad Mum - Um pinscher!
Bad - Oh mãe, isso não é um cão a sério (eu pensei num "Ai foda-se", mas não digo palavrões à minha mãe).
Bad Mum - São muito eléctricos, não é?
Bad - Isso, mãe, eléctricos.

35 anos depois de me dar à luz e ela ainda me faz uma destas? Ai, foda-se...

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Bad Girl, em 23.10.13
Esqueci-me, desculpem. Não é falta de consideração, nem sequer é falta de tempo. Talvez seja falta de vontade ou de assunto, mas hoje percebi que não venho ao blogue vai uma vida e não vou ao Facebook há uma vida mais pequenina. E as pessoas preocupam-se, e eu nem me lembrei disso. A doença põe-nos um bocadinho egoístas, mas nada que não se arranje. Hoje recebi três mails a estranhar a minha ausência (por falar em mails tenho uns bons mails para responder, mas de cada vez que começo a lê-los dá-me a choradeira... eu prometo que supero a mariquice e que respondo) e eu pensei que as pessoas têm razão, não se vem para aqui debitar mágoas para depois se desaparecer. Assim sendo, cá estou eu. Novidades não há muitas, tenho estado a fazer análises, exames, consultas, fui fazer uma ecografia e não sei as palavras exactas que o médico usou, mas eu ouvi "se calhar é desta que saca um buldogue francês" (carece de contexto, ver posts abaixo) tenho os braços que parecem uns passadores, acordo a parecer aquele Teletubbie que tinha o penacho na cabeça, e eu que achava que cabelo curto era acordar e andar, o meu FCP não tem respeito nenhum por mim, uma pessoa que está doente, e toca a perder os jogos da Champions, amanhã volto a partilhar o quarto com pessoas que não conheço de lado nenhum, e que vão olhar para mim e dizer à boca pequena às visitas "coitada, tão nova!", tenho aftas e picos de energia e criatividade que não reconheço (breve instante para respirar fundo e não fazer uma apologia às drogas), alternados com períodos de "numbness" tão grandes que podia fazer parte do elenco de The Walkng Dead, engordei dois quilos desde que comecei os tratamentos (mas quem é que engorda com quimioterapia, meu Deus, quem?), o Homeland está a fazer testes ininterruptos à minha paciência, o vento de ontem deu cabo da buganvília, a minha mãe ligou-me a dizer que esteve toda a tarde a fazer marmelada, (o que é que uma filha responde a isto?), e o Sócrates não sabia que havia vidas tão boas como a que ele teve em Paris, o que faz dele um tonto que não vê filmes. É isto, parece-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bad realiza um sonho...

por Bad Girl, em 16.10.13
E entra no mundo da publicidade blogosférica.

Mentira, não estou a ser paga. Sim, sou tótó, que fazer?
Apresento-vos "Deixa que eu vou" e faço, desde já, a declaração de interesses: o Filipe é meu amigo. O Filipe não precisa nada que eu esteja para aqui a divulgar a empresa dele, porque o Filipe tem andado nas bocas de mundo na última semana. E não é para menos. O Filipe realiza o sonho de quase todos os seres humanos e deixa-me(nos) alontrar à grande. Tudo o que é chato, que não podemos ou não queremos fazer, ele faz. "Deixa que eu vou" é isto. É a pessoa que trata de comprar um presente quando não temos tempo, é a pessoa que leva o carro à revisão, à inspecção, é um Assistente Pessoal temporário. Não sei quanto a vocês, mas a ideia de ter um P.A. é deliciosa para mim, que sou um bocadinho pedante. Ainda ontem o Filipe me foi tratar de um presente que eu não tive tempo nem pachorra para comprar. Lindo. É só ligar e esperar que fique tratado. E ainda por cima o Filipe tem uma voz fantástica, pelo que não só ganham um P.A. como têm a vantagem de ter uma voz de rádio do outro lado da linha. Priceless.

Gostem do "Deixa que eu vou" no Facebook (https://www.facebook.com/deixaquevou?ref=ts&fref=ts), e ganhem um Personal Assistant. Contudo, não se esqueçam: as minhas coisas têm sempre prioridade, que eu vi primeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paralelismos

por Bad Girl, em 15.10.13

Para mim ler "Angola anuncia fim de parceria estratégia com Portugal" é o mesmo que ler "Fanny termina relação amorosa com Hugh Jackman".

 

Mais uma vez, deve ser das drogas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



VOCÊS ESTÃO A GOZAR COMIGO?

Parem de encher chouriços, que eu não posso comer enchidos.

Irra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.