Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fica então combinado...

por Bad Girl, em 26.09.08

Há tantos anos quantos uma mão cheia de dedos pode suportar, passei à porta da casa onde, literalmente, nasci. Dos anos de bebé aos meus 9 anos, toda a minha vida passou por ali. Guardava na cabeça recordações fabulosas daquela casa, do ambiente, dos acontecimentos.
Quando percebi que a casa estava a ser mostrada para venda não hesitei, e fui lá vê-la. Não foi bem a desilusão que tomou conta de mim. Mas toda aquela estrutura não tinha nada para me dizer. As minhas memórias sentiram-se espartilhadas naquele espaço que coisa alguma tinha a ver com as memórias passadas. Fiquei angustiada e, não fosse aquela a rua e aquele o número, e eu podia jurar que não tinha sido naquela casa que tinha vivido aqueles momentos. Ali, nada fazia sentido. Nunca contei aos meus pais, que sei que também guardam boas memórias daquela altura. Com o meu irmão só tive a normal tomada de posição: "Tu e a visão poética das coisas!..."
Nunca mais voltei lá. Passo por lá de vez em quando, mas já não é com saudade ou vontade de lá voltar a entrar que desço a rua. É quase com uma indiferença que me distancia (a mim e às minhas belas memórias) daquele espaço.
*
Quando a inevitabilidade de uma separação chegou, as nossas tentativas de a camuflar não ficaram por mãos alheias. Usávamos de tudo para abordar o tema sem chegar a falar dele.
- E um dia, daqui a muitos anos, encontramo-nos por ai.
- Num aeroporto, a fazer uma escala!
- Sim, tu vens de uma das tuas viagens, assim toda posh.
- E tu, mulher e filhos a tiracolo, vais visitar a família.
- E eu apresento-tos.
- Sim, e depois cumprimentamo-nos. Sabes como é no que toca a largar-nos um do outro, não sabes?
- Espero que não leves saltos altos. Porque vais ter de correr muito para fugires de mim.
- Sim, enquanto a mulher e os filhos lancham...
E depois havia variantes. Normalmente ele tinha a prole, e eu estava a trabalhar. Ou de férias, num grupo de amigos.
*
**
- Enquanto estivemos juntos, nunca me falaste da intenção de algum dia fazeres uma tatuagem.
- Durante o tempo que estivemos juntos, nunca me falaste da intenção de algum dia poderes vir a ignorar uma chamada do trabalho, como acabaste de fazer.
- Vem daí uma conclusão brilhante e filosófica sobre a vida e sobre nós?
- Não, não vem.
*
**
***
- Encontramo-nos num aeroporto, por aí?
- Duvido. Os gatos não andam de avião.
- Ah?
(E, caso não tenham entendido, estas histórias emaranham-se todas entre si)

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Alf a 26.09.2008 às 23:51

Tanta coisa...
Sem imagem de perfil

De paulo correia a 27.09.2008 às 15:41

gostei do blogue estética com conteúdo
paulo correia
Sem imagem de perfil

De Cold a 27.09.2008 às 23:28

Muito bom... :)

Vanilla Sky... Um dos meus filmes preferidos!!

Gostei mt do teu blog

Bjs
Sem imagem de perfil

De encapuzado extrovertido a 28.09.2008 às 13:53

a vida devia vir com gps.
Sem imagem de perfil

De Pedro de Payalvo a 03.10.2008 às 18:58

...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.