Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Blogonovela "A madrinha perfeita"

por Bad Girl, em 18.10.07
Webisódio 1 - As águas rebentaram!!!!

Pela segunda vez em menos de uma semana, na terça-feira passada fui dormir (ah! ah! ah!) a casa da "comadre". O trabalho do pai da criança em Viseu obrigou-o a deixar mãe e futuro rebento em casa. A madrinha top que eles escolheram, não podia deixar a coisa por isso mesmo. Da primeira vez fui lá dormir com algumas certezas: a criança ia nascer e eu não ia pregar olho. Evidências? A única cientificamente provada: a lua mudava nessa noite. Estranhamente, este facto não foi suficiente para levar este evento avante. A criança não nasceu. Teve algumas agitações durante a noite, mas nada de marcante. Na terça-feira passada, e tendo em conta que a lua não mudava, eu fiquei mais descansada: ia voltar à pequena cama da F., e dormir novamente acompanhada pelas fadas do edredon. Está bem que a miúda tem nove anos, mas aquilo é muito "pink". Até para mim, que sou uma "pink lady". Bem, mas mais à frente, vamos passar ao relato dos eventos da noite, a partir do momento em que eu cheguei a casa da "comadre" e dei de caras com ela enrolada no roupão. Ora se fosse eu, tudo bem. Eu sou friorenta. Mas a "comadre" não. Essa sofre de calores em estado normal, e considerava qualquer ambiente com mais de 19ºC uma sauna, desde que engravidou. Algo me disse que qualquer coisa ia dar para o torto naquela noite. Mas disse-o tão baixo, que eu não ouvi...
Estava tudo normal. O puto não se mexia por ai além, a mãe estava bem disposta, e lá fomos dormir que o dia seguinte era dia de trabalho para esta madrinha super-profissional.
Lembro-me de ter dito:
- Se precisares de alguma coisa durante a noite, chama-me.
Não achei que isso fosse acontecer meia hora depois, quando eu ainda dava voltas na cama para tentar perceber como tinha conseguido lá dormir cinco dias antes...
Toc, toc, toc (isto era ela a bater à porta)
- Bad, estás a dormir?
(Agora que penso nisso, pergunto-me como seria se eu nada tivesse dito e fingisse que estava mesmo. Ela voltava para a cama???)
- Não. Precisas de alguma coisa? (tipo um chá, uma água, um parto????????)
Ela abriu a porta, e lá respondeu, a medo:
- É que me rebentaram as águas...
Bad, a pseudo-ginecologista, aquela que toma como evidência a mudança da lua como causa directa dos bebés nascerem (mas que já não acredita na cegonha), a sonhar com uma noite descansada (que não passava por uma bela noite no Hospital) responde:
- Tens a certeza que isso não é chichi?
(por favor, não comentem)
Ela acende a luz. Mostra-se completamente molhada. Eu perco o sono, levanto-me da cama, e digo imediatamente:
- Vamos lá para o Hospital, o que é que é preciso fazer?
- Vou ligar para a parteira.
Mas antes ligou para a mãe. Faltava pouco para a uma da manhã, quando tínhamos já montado o gabinete de crise. Pai da criança acordado e alerta, avó a vestir-se, dois prédios ao lado, parteira a ser acordada de repente. Diz-lhe para pôr uma toalha na cama. E que esteja no Hospital às seis da manhã. Ainda não tinha acabado de contar o número de horas que ia conseguir dormir, e já a parteira ligava outra vez. Desta, já acordada, e cheia de ideias novas. Que passavam por ir buscá-la ao cu de Judas e ir directa para o hospital. A história das seis da manhã soava-me muito melhor. Vesti umas calças de ganga n. 38, uma camisola larga (da grávida), e lá fomos nós. Claro que, ainda antes de sair de casa e no meio do stress, eu lá exigi que ela levasse umas toalhas para pôr no carro. Sujá-lo com "águas rebentadas" é que não!!!
Claro que a coisa podia ter sido diferente. Não fosse a parteira morar num sítio chamado "Formiga", lá para os lados de Ermesinde, e eu ir ao volante. Assim sendo, perdemo-nos. O que dá sempre jeito, quando temos uma grávida em trabalho de parto ao lado, e uma santa terra por onde Deus se esqueceu de passar, totalmente deserta àquela hora da noite.

E pronto, por agora chega. No Webisódio 2, teremos um relato relativamente preciso e moderadamente exagerado da chegada ao Hospital e do nascimento do menino mais lindo do Mundo. Que, claro, é meu afilhado. Curioso... Não é que a menina mais linda do Mundo é a minha sobrinha? Isto há coisas muito mal divididas neste planeta...

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Vanita a 19.10.2007 às 00:34

Podemos só rir?? É que ainda não consegui passar da parte em que pedes para não comentar :)
Sem imagem de perfil

De Sem sono como sempre a 19.10.2007 às 04:21

Vou à casa de banho que me rebentaram as águas de tanto rir:)))
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2007 às 09:30

Parabéns, BadMadrinha (salvo seja!) Já estou a ver que te portaste à altura!
bjo,
L.
Sem imagem de perfil

De Ervilha Escriba a 19.10.2007 às 10:00

Pee Specialist,

Uma Parteira de Formiga? Mas vocês ainda estão na Idade Média? Estás a falar a sério?

Pea Specialist
Sem imagem de perfil

De Su a 19.10.2007 às 10:14

epaaa isso não se faz... conta conta tudooo

Isso não é xixi? ahahahah
Sem imagem de perfil

De Estou aqui a 19.10.2007 às 11:02

Essa parteira deve ser mesmo boa!!Primeiro sugere uma toalha na cama e que a mãe fique calmamente em casa, em trabalho de parto durante quase 5 horas (a "carreira" lá da Formiga só deve passar depois das 5h30!!), e depois quase consegue que a crinça nasça no carro no meio das toalhas, para lhe darem boleia!E ainda lhe pagam, não??!!?
Sem imagem de perfil

De Bad Girl a 19.10.2007 às 16:03

Ervilha:
Sim, estou a falar a sério. talvez devesse ter sido mais clara: era uma enfermeira parteira, pelos vistos coisa rara nos dias que correm.
Su:
Entre hoje e amanhã teremos mais episódios, quase de certeza.
Estou aqui: pagam, e pelos vistos não é pouco... mas eu acho que ela a mandou deitar-se porque foi acordada de repente (cada um acredita no que quer, não???). Claro que a parte de a criança nascer no carro era uma chatice, mas lá que tinha dado um belo post...
Sem imagem de perfil

De Zaka a 19.10.2007 às 16:11

Bem, o que não faltam ultimamente são crianças a nascerem nos carros... isto desde que um determinado Governo resolveu encerrar umas maternidades...

Felizmente hoje em dia as pessoas já não têm a mania de dar nomes aos filhos, de acordo com o local onde nasceram (o meu avô trabalhou em navios de passageiros e ajudou a nascer uma Maria do Mar e uma Maria das Tormentas).
Se não, íamos ter a Maria do IP5, O Manuel da Circunvalação, and so on...

E deixa lá Bad... eu nunca passei por um parto... apesar da minha irmã ter tido 3 filhos, eu estava sempre na escola quando chegava essa altura... e depois era só ir para o hospital ver as crias!
Acho que se fosse eu, tinha um "chilique" ao ver a água, ao pensar na cagada do sangue da placenta (blerckkk) e do cordão umbilical...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2007 às 23:08

nasceu no dia 18 entao? :D

mm dia q eu? :D <3 dia abençoado x)


*lara
Sem imagem de perfil

De Eyes wide open a 23.10.2007 às 20:26

:) Parabéns menina Bad.


*

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.