Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conversas de café

por Bad Girl, em 25.11.08

 

Gosto de ouvir as conversas dos outros. Sentada à mesa do café, tento não deixar passar as histórias que teimam em encontrar-me. Se as pessoas querem privacidade, tudo bem, falem em casa, ou falem mais baixo. Se falam num tom que eu ouço, é natural que eu o faça.

Um destes dias, sentada num lugar VIP para assistir à vida de duas pessoas, dou por mim a achar que a miúda era parva. A rir-me com os meus botões das coisas que ela dizia, a teorizar na minha cabeça sobre o comportamento dela, a torcer o nariz à ridicularia que me ladeava. E depois, como se de uma epifania se tratasse, lá me ocorreu que há meia dúzia de dias/ semanas/ meses ela até podia ter sido eu, e que nessa altura eu não achava ridículo. Estranhamente, em vez de me sentir embaraçada por essa descoberta, respirei fundo. Olhei para ela pelo canto do olho. Sorri. E pensei: "Já foste..."

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De niagara a 25.11.2008 às 10:46

"Já foste"... ou... "Estás a caminho"?
Eu tenho uma grande fé na raça humana. O não querer ver a bananeira plantada em frente às unhas dos pés é que dá cabo de tudo.
Sem imagem de perfil

De eu37 a 25.11.2008 às 10:57

Sorriso triste o teu...
Sem imagem de perfil

De M. a 26.11.2008 às 20:30

Há algo de mto terapeutico em ouvir as conversas de café...pelo menos para mim..!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.