Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As minhas muletas e eu...

por Bad Girl, em 20.05.09

Pela primeira vez num centro comercial com muletas, percebi algumas coisas.

Por exemplo, que as pessoas são mal educadas. Não há remédio. Alguém me deixou passar à frente em algum lado? Não. Desistiram de subir a pé as escadas rolantes, mesmo que para isso tivessem de me acotovelar (relembro que estava de muletas)? Não. Algum dos ultra simpáticos empregados da Nespresso se apressou a mostrar-me um sítio onde sentar, enquanto eu me passeava (relembro: de muletas) à procura, evidentemente, de um sítio para me sentar? Não. As pessoas em Portugal são básicas, mal educadas e umbiguistas. Depois pasmam-se e indignam-se que exista uma professora em Espinho (uma besta que usa malas Tous de imitação) que use termos menos próprios para falar com os alunos. Por falar nisso: alguém já se mostrou indignado com a atitude prepotente e arrogante da senhora (ia chamar-lhe "coisa", mas não me apeteceu)? Alguém ficou em estado de choque por a dita senhora reprimir os alunos? Não. Parece que o grave é que a senhora fale de sexo. Só isso. Adiante e voltando ao centro comercial: nunca tinha, honestamente, reparado na quantidade de pessoas que cambaleiam a usar saltos altos. Que caminham de lado, ou como se estivessem a equilibrar-se em andas. A lição a tirar daí é que Deus dá saltos a quem não tem pernas para isso. O que é injusto. Para pessoas como eu, que têm de se ver privadas dessa bênção até data a determinar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.