Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dos erros crassos

por Bad Girl, em 27.10.10

Há pessoas que escrevem bem, pessoas que misturam as palavras de uma forma quase mágica. Pessoas que nos embriagam de tal forma com o que escrevem que, de um momento para o outro, nos deixam adictos a esses bailados de letras. Há pessoas que escrevem correctamente. Que conjugam os verbos na perfeição. Que sabem as regras linguísticas de cor. Que respeitam as palavras com uma formalidade quase reverencial. Há pessoas que escrevem bem e conhecem a língua de tal forma que, para além de formarem um bailado absolutamente perfeito e brilhante com as letras que combinam, conseguem ter as vírgulas todas no sítio certo, o sujeito vai sempre com o verbo e não há figura de estilo utilizada que não tenha nome. Há, contudo, pessoas que nos contam histórias tão banais de uma forma tão fascinante que pouco nos importa que, uma ou outra vez, tenham um verbo menos bem conjugado ou uma vírgula fora do sítio. E depois há as outras. As puristas. As que se agarram à única coisa que têm, o escrever correctamente, e menosprezam quem escreve bem, apenas e só porque ali, no fim daquela frase, está um ponto e vírgula onde deveria estar um ponto final. O talento não se aprende. Escrever bem não é para todos. Escrever correctamente está ao alcance de todos. E isso, lamentavelmente, faz sofrer muita gente.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.