Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Uma saia da Zara com 15 anos é antiquada mas uma saia Chanel com os mesmos 15 anos é vintage, certo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Só para orientar aqui as ideias.

por Bad Girl, em 05.05.11

Primeiro Bin Laden resistiu. Estava desarmado, mas resistiu.

Não vou convosco, palermas. Não vou, já disse que não vou.

Osama, não resistas... tens mesmo de vir!

Só por cima do meu cadáver!

Pum!

 

Agora, afinal não resistiu. Estava era vestido. E só se safaria se estivesse nu. Em miúdos: se Bin Laden tivesse escolhido o Meco para recolher aos aposentos, estava vivo por esta altura. 

 

Prevejo que, em dois dias, se vá dizer que afinal Bin Laden estava nu mas, como estava sentado, os Seals suspeitaram que ele tinha uma bazuca guardada onde o sol não nasce.

 

Amigos, era matar que queriam e mataram. Assumam de uma vez. Que raio. Só treta atrás de treta. Se fosse cá em Portugal, Obama, não ganhavas as eleições com esta merda... A menos que mostrasses as fotografias do morto (antes disso perguntavas ao Luís de que lado devia estar a bala) E dissesses que tiveram de matar o sujeito por culpa da oposição, que não aprovou o plano de ataque IV (PAQUE IV), onde só se atirava para as pernas.    

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta coisa do arredondar...

por Bad Girl, em 09.12.10

Eu sou uma pessoa céptica. Duvido sempre das boas intenções de algumas pessoas. Para eu estar devidamente informada, e caso alguém saiba responder-me, gostaria que me esclarecessem se o seguinte pensamento está correcto:

Eu vou ao Continente fazer compras e "arredondo" o total da minha conta. Como eu, milhares de pessoas, grávidas de um espírito solidário, fazem o mesmo. Eu doei, imaginemos, cinco euros. No dia marcado para o fim da campanha, a Sonae junta o dinheirinho que a populaça doou e dá a uma instituição de caridade. Sempre ao abrigo de uma qualquer lei que vai dar à Sonae uma série de benefícios fiscais. De um valor que a Sonae não está a doar, apenas se limitou a juntar. É assim que funciona?

 

É que eu aprecio ser solidária. Mas não com empresas. Só com quem realmente precisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por outro lado, Assange...

por Bad Girl, em 07.12.10

... explica-me lá, como se eu só tivesse três anos: como é que tu, o "dono" da Wikileaks, alegas não ter conhecimento de um processo?

Bizarro...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assim de fora...

por Bad Girl, em 16.10.10

 

 

Quando estamos preocupados com o futuro do planeta, o que fazemos?

Uma revista com 212 páginas. De papel. Que até pode ser reciclado. Mas que, em muitos casos, não irá voltar ao ecoponto azul.   

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por favor, alguém me ajuda?

por Bad Girl, em 08.09.10

É blogosfera ou blogoesfera?

 

Temo não conseguir continuar se não esclarecer isto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu não sou de me meter na vida dos outros

por Bad Girl, em 09.08.10

Mas é só a mim que cheiram a esturro aquelas férias da Michelle Obama em Marbella? Primeiro porque as últimas pessoas que eu vi irem com entusiasmo para Marbella faziam parte de uma excursão do INATEL. Depois, seria assim tão importante a Michelle deixar o Obama a um oceano de distância no dia do seu aniversário? Estaria a Michelle tão cansada e tão precisada de férias daquela actividade desgastante que é ser a mulher do presidente dos EUA que não podia esperar uma semana? Terá tido necessidade de aproveitar uma promoção do Hotel? Reserve 40 quartos e pague 30? Há merdas que eu não entendo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não entendo mesmo

por Bad Girl, em 16.06.10

A propósito deste post da Luna assolou-me uma dúvida que, de quando em vez, aparece cá pelo acumulador de neurónios:

Porque é que pessoas como eu, bloggers que não dão a cara (literalmente), dão dicas de beleza?

Achariam normal que eu chegasse aqui e me pusesse a escrever que uso o rímel A, o batom B, a base C e o creme Y? Que tenho um anti-rugas milagroso e que uso um amaciador que me dá brilho ao cabelo? E o branqueador de dentes? A oitava maravilha... Mas fod@-se, quem é que garante que eu não sou um camafeu, gaja feia de criar bicho? Que tenho os dentes brancos? E todos? Que não tenho rugas? Eu? A mesma que não mostra a cara? Não faz lá grande sentido, certo?

O máximo que posso fazer é falar-vos do meu creme dos pés e colocar aqui uma foto dos mesmos. Que são lindos. Digo eu.

 

 

 

E não adianta partirem a cabeça a achar que este post é sobre esta ou aquela. É sobre ninguém. E sobre toda a gente. Tal como todos os outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

From Paris with love

por Bad Girl, em 15.04.10

Antes de vos falar de mais uma paixoneta incompreensível para a maior parte das mortais, preciso perguntar uma coisa. Em não podendo responder aqui, porque este blog é uma espécie de ditadura, peço-vos a gentileza de se deslocarem ao Facebook e de me presentearem com a vossa opinião.

Ah, não tenho Facebook. Tenho pena.

Ah, ainda não somos amigos no Facebook. É fácil, simples e indolor. E eu aceito toda a gente. Quase toda, há uma ou outra pessoa que já conheço de ginjeira e nem no Facebook tem direito a amizade.

Ah, já não somos amigos no Facebook. E porque será????

Bem, para a pergunta, que se faz tarde: quando vocês são os primeiros a chegar à sala de cinema, as pessoas que entram depois colam-se a vocês? É que isto passa a vida a acontecer-me. Hoje, por exemplo, éramos três na sala. Eu estava sozinha. Instalei-me, pus-me confortável, habituei-me ao lugar, e logo a seguir chegou o casalinho, cheio de amor para partilhar e... sentam-se praticamente no meu colo. Eu juro, cheguei a achar que um deles me ia chamar "mãe". Obviamente levantei-me e escolhi um dos 7.896 lugares ainda disponíveis na sala. E eles ainda ficaram a olhar. Por breves momentos pensei que vinham atrás de mim. Mas não. Só devem ter achado estranho que eu tenha renunciado àquele ninho caloroso que eles tinham decidido proporcionar-me. Hélas!

O filme que faz o título deste post é... menos bom. Mas, lamentavelmente, dá trabalho a uma das minhas paixonetas, e eu tinha de ir ver. Nesta altura estão as leitoras de braços no ar, a implorar que eu não as decepcione, que escreva Jonathan Rhys Meyers. Pois, minhas amigas, tenho muita pena, mas a verdade é que a minha paixoneta é o John Travolta. Vá, respirem um bocadinho. Breathe in, breathe out. Outra vez. Mais uma. Gordo. Eu sei. Canastrão. O.K., venha, eu mereço. Cientologista. Oh, God, também sei disso. E não me orgulho. Mas tenho três argumentos: pilota o próprio avião, Quentin Tarantino, pegou num camião pejado de víveres e foi a Nova Orleães entregá-los, no meio da confusão deixada pelo furacão. Outro argumento muito válido é que gostos não se discutem. Partilham-se com pessoas que estão tão agradecidas por terem sido presenteadas com este voto de confiança, que até se esquecem de fazer juízos de valor sobre os gostos dos outros.    

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vivemos no país do "se Deus quiser"

por Bad Girl, em 16.10.09

Agnosticismos à parte, a verdade é que neste país prevalece o catolicismo, cuja prática (ou não) aumenta na proporção directa dos problemas das pessoas. Chame-se-lhe Deus, Buda, Alá ou Universo, a verdade é que, mais tarde ou mais cedo todos damos por nós a meter uma cunha a uma entidade superior. Mas não é disso que eu quero falar. Quero, sim, falar da inimputabilidade que por cá conferimos a nós próprios na nossa vida. "Se Deus quiser". É assim. Eu por mim amanhã venho trabalhar, mas se Deus não quiser, então não me pões a vista em cima. A culpa nunca é nossa, a responsabilidade é enxotada da nossa vida com a mesma celeridade e displicência com que afastamos uma mosca. Se Deus quiser eu hei-de fazer as coisas. Se não fiz, pronto, foi Deus quem não quis. Assim é fácil. Afinal, o que podemos nós contra o todo-poderoso? Se Ele, que tudo vê, tudo sabe e tudo pode, não quer, como é que eu hei-de conseguir? Pois eu cá concluo as coisas de uma forma ligeiramente diferente, se é que me permitem. Apesar de agnóstica (ainda que teísta), a coisa apresenta-se diante dos meus olhos de uma maneira clara: além de todo-poderoso, omnipresente e omnisciente, parece que Deus (Alá, Buda, o Universo) é bonzinho. Portanto, é partir do princípio que Ele quer. Mas o Mundo é assim uma coisa um tanto grande, e está muito habitado. Por isso, o melhor é deixarmo-nos de merdas. Se Deus quiser, nada, ele quer sempre. E nós, será que queremos? E estamos dispostos a ir à luta? Hoje fico-me por aqui. Amanhã volto. Se Deus quiser.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.