Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Glossário - II

por Bad Girl, em 26.03.08
"Rodar pratos"

Nas lides circenses, a arte de "rodar pratos", a.k.a. "pratos chineses" é uma forma de malabarismo. Na vida real também.
"Rodar pratos" é algo que todos fazemos, mais ou menos conscientemente, em dadas alturas da nossa vida. Como sou mulher, o exemplo será dado à minha imagem. Adaptem como vos aprouver. Se vos aprouver.
Na imagem vemos a malabarista (a mulher), os pratos (os homens) e os paus (certamente têm um nome mais técnico...) que apoiam os pratos (telefonemas, sms, jantares, conversas de msn, ...). Os pratos que estão a ser rodados não podem ter qualquer tipo de valor sentimental para nós. Se os desequilibrarmos e deixarmos cair um, ou dois, ou mais, é só substituir. Não podemos ficar a chorar e a olhar para os cacos no chão. Não há tempo. Assim os outros cairão. Não podemos dar-nos ao luxo de deixar isso acontecer...
Não pensem que pode qualquer pessoa fazer destas proezas... é preciso técnica, precisão, destreza, visão periférica... É rodar cada prato com a força certa. Nem com demasiada força nem com brandura exagerada. É o toque certo. É estar a rodar o prato 3 e perceber que o prato 5 precisa de um jeitinho. É um sms na altura certa, um telefonema conveniente. Nem de mais, nem de menos. Há quem consiga dois pratos. Há quem consiga dez. Nem todos somos artistas. Nem todos sabemos rodar dez pratos com destreza.
Estes pratos não podem ser recuperados. Não servem para fazer parte do serviço de louça lá de casa. Têm a forma errada para isso. Servem apenas para ser rodados até caírem ou até nos cansarmos da "brincadeira". Olharmos para o lado. Vermos que há mais coisas à nossa volta.
Há alturas em que não nos queremos comprometer. Nem sequer pôr tijolinhos... Só flirtar. O tempo todo. Manter dois, quatro, seis flirts em suspenso. Nunca deixar de rodar os pratos. Porque no dia em que deixarmos de telefonar, jantar, flirtar... Kabam! Caiu? Temos pena, de onde este veio há mais!...

Claro que isto é tudo muito bonito, mas só até ao dia em que compramos um fantástico conjunto de pratos numa Vista Alegre da vida e não queremos (podemos!) parti-lo...

Num próximo post-glossário abordaremos a expressão "síndrome da gata paraquedista (ou pára-quedista)"...


30 comentários

Sem imagem de perfil

De Cheguevara a 27.03.2008 às 15:58

Eu é mais virar frangos!!!

Pratos nao é cmg...

Bom blog
Sem imagem de perfil

De Noivo a 27.03.2008 às 16:07

um ponto de vista singular! No mínimo....
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2008 às 17:41

Carambam. Elas descobriram a historia dos pratos? Quem foi o sacana que lhes contou? Isto não era suposto ser acto circense exclusivo dos pilas?

Pronto, agora está tudo estragado. Vá de comprar flores, ir a net procurar SMS´s bonitas e que não se sabe muito bem o que querem dizer, e mandar para a "gaja prato" ou no plural "gaja pratos" que manejam, na esperaça que ela ou elas se distraiam e não venham a este blog.

Por cá, continuo a manejar. Mas gosto do serviço todo :)

Assinado,
O gajo que se sentiu magoado no ego por perceber que também eles (nós e eu) podem ser alvo de malabarismos.
Sem imagem de perfil

De Clepsydra a 27.03.2008 às 18:28

É pá, a mim o que aborrece são os pratos de plástico aqueles que teimam em não partir. Já os ignoramos, já os deixamos cair, já lhes mostramos os congéneres rivais e eles, nada, não desistem de voltarem a ser equilibrados...
Sem imagem de perfil

De G.I.Jane a 27.03.2008 às 19:32

Interessante: que se acuse quem nunca, numa determinada ocasiao da sua vida, rodou pratos... aborrecidos!
Acho que deve ser das coisas mais interessantes desta dança que é a sedução. E já agora, tão gratificante para ambas partes, não acham? Eu , pessoalmente, gosto de um bom flirt (com classe) e não sou tão ingénua de pensar que cada homem que me faz olhinhos tem como objectivo de vida casar-se comigo.... a sedução é um jogo, e bastante divertido. E as mulheres somos excelentes jogadoras. Viva a arte de rodar pratinhos!
Sem imagem de perfil

De Comendador Antunes de Burnay a 27.03.2008 às 23:37

Deixe-me agora falar do ponto de vista do prato, Bad. Estar ali em cima, tranquilo, alguém a fazer-nos rodar, nós sem nada que fazer a não ser rodar. Elas lá em baixo a aplicarem o que aprenderam no Chapitô, nós, os pratos, a fazer de conta que giramos, no meio de tantos pratos ela nem nota se dermos uma voltinha com outra malabarista e voltarmos mais tarde. Ah, doce vida, a de prato...
Sem imagem de perfil

De Stusssy a 28.03.2008 às 09:40

Eu tb já rodei pratos e conheço muita gente que o faz...mas por pratos sempre entendi gira discos...e pelo menos esses pratos são mais difíci de partir...mas mais fáceis de mudar a batida e o ritmo...não é tão divertido ser DJ?

Everybody´s got to rock at least once in a lifetime!!!

Viva aos dj´s que nos pôem a rodar ao ritmo da música certa!!!


E mais, reconheço qualidades infindáveis e apetência nata para esta arte nas mulheres! Turn me baby!LOL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.03.2008 às 12:34

Depois deste texto, depois destes comentários, acho que a minha vida vai mudar.

Assinado,
O gajo que se sentiu magoado no ego por perceber que também eles (nós e eu) podem ser alvo de malabarismos.
(Mais uma vez)
Sem imagem de perfil

De Caltuga a 28.03.2008 às 15:49

Já agora Bad, és malabarista para quantos pratos? :D
Sem imagem de perfil

De H4rdDrunk3r a 28.03.2008 às 19:32

Bad, posso levar este post para o meu canto? É que estas palavras merecem ser lidas por uns certos pratos que lá vão e não sabem que estão à beira de partir...

Com sua licença! Obrigada!

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D