Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu e uns saltos de 12 centímeros...

por Bad Girl, em 06.02.09

Fazemos uma "dream team"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

IRS

por Bad Girl, em 05.02.09

 

Hoje, ao folhear o Destak, lá digo eu o meu pequeno disparate do dia:

 - Que merda, este ano vão reembolsar o IRS mais cedo.

Entre as caras intrigadas houve alguém que se lembrou de perguntar:

 - Então isso não é bom?

 - Não.

 - Porquê?

 - Porque tenho a minha vida organizada e isto dá cabo dos meus planos.

 - Como assim?

 - Porque recebo agora o subsídio de férias para ir para a neve, e recebia o IRS lá para Agosto, para ir de férias outra vez.

 - Então... recebes em Maio e guardas até Agosto.

 - Tu estás parva? Tens a noção da quantidade de sapatarias por onde eu vou passar entre Maio e Agosto?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O filme?

por Bad Girl, em 05.02.09

O filme tem o Philip Seymour Hoffman e a Meryl Streep.

Se alguma "Dúvida" houvesse, os nomes de cima bastavam para dissipá-la.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A cavalo dado não se olha o dente?

por Bad Girl, em 05.02.09

Vê-se melhor se clicarem na imagem, parece-me

 [AVISO: Pedimos desculpa pelo incómodo, mas por questões de segurança/ anti-pirataria, informamos que solicita a Miramar Films que procedamos com um apertado controlo de segurança em relação à antestreia deste filme.

 

Assim, gostaríamos desde já de alertar para o facto de estarem presentes seguranças contratados, munidos de aparelho de leitura óptica, não permitindo a entrada na sala com qualquer telemóvel com câmara, material diverso de filmagem, de gravação áudio, bem como aparelhagem eléctrica ou electrónica que de alguma forma permita captar imagens ou sons.

 

Para este efeito, solicitamos, por favor, que entregue qualquer material deste tipo à entrada da sala da antestreia, sendo que o mesmo será cuidadosamente guardado e devolvido no final da sessão.]

 

 

Só se o bicho for desdentado...

Supondo que são mais ou menos 21 horas e estão a chegar a um centro comercial para levantar uns convites gentilmente cedidos por uma entidade que patrocina a antestreia de um filme. Sabendo que o tal filme se antestreia às 21:30.

 

A senhora da bilheteira entrega o papel (apresentado ali em cima) e pede atenção ao “Aviso” no final do mesmo.

 

Foi procurar a câmara dos apanhados até perceber que aquilo não era brincadeira.

 

Chegados à porta da sala, uma fila digna de um balcão de embarque de um aeroporto movimentado. Gosto muito de pessoas que não concordam com coisas (as que concordam tanto se me dá, cada um pensa como quer) e reclamam muito para a pessoa do lado. Naquele tom que não é suficientemente alto para ser ouvido por quem está a recolher os telemóveis e não é baixo que chegue para ser apenas ouvido pela tal pessoa do lado. Chegados às autoridades (os senhores da SECURITAS), entregam de forma ordeira e silenciosa o tal aparelho, “encarneirados” com o resto da fila. As reclamações ficaram lá atrás.

 

Ao verificar que o “cuidadosamente guardado” significava “enfiado dentro de um saco plástico daqueles de meter a carne a congelar, junto com uma senha numerada, tudo amontoado (mas ordenadamente) numa caixa de cartão” eu decidi perguntar aos senhores quem é que se responsabilizava pelos aparelhos. A única senhora da “brigada do telemóvel” (tinha de ser gaja, os gajos nestas merdas são muito mais serenos) salta para os tamancos e apressa-se a dizer, num tom que oscilava entre o estridente e o aborrecido:

- Ninguém a obrigou a trazer o telemóvel.

Há um complexo umbiguismo na parte dos funcionários de determinadas empresas que os faz acreditar que as perguntas são personalizadas, dirigidas a eles, com o único propósito de os atacar. Depois de ter explicado arrogantemente à senhora que a conversa não era com ela, e sim com a empresa que ela representava, informei-a que não era assim que ela podia falar comigo, e ameacei represálias, no caso de haver um único arranhão nos telemóveis pelos quais eu não nutro qualquer tipo de carinho. Ainda lhes foi questionado pelo cavalheiro que me acompanhava porque é que não faziam as coisas como nos sítios normais e não tinham alguém a tomar conta dentro da sala. Mas tinham. E também tinham um senhor a tomar conta da entrada, com detector de metais e tudo, não fosse um de nós levar uma bomba e rebentar com a Meryl e o Philip assim de uma assentada. A experiência acabou por ser boa, porque já não ando de avião vai para mais de um mês, e aquilo foi coisa para me lembrar Heathrow num dia mau.  

 

Agora a ver se eu entendo: existe mesmo a forte possibilidade de alguém ter um telemóvel tão bom que grave um filme com qualidade cinematográfica? E que essa pessoa se preste à triste tarefa de estar mais de uma hora de braço levantado a gravar um filme inteiro? E, mais importante: porque é que essa pessoa ia fazer isso, se o filme já roda na internet há semanas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lapsus linguae

por Bad Girl, em 05.02.09

 

O primeiro-ministro deste país debita explicações sobre um tal caso "Freepór". Diz quais as "runiões" onde esteve e fala sobre "tefonemas" que não fez.

 

Antes de se discutir se José Sócrates fala verdade, importa saber se fala das mesmas coisas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

PQP as ditas celebridades deste país...

por Bad Girl, em 03.02.09

Depois vou à papelaria e tenho que me deparar com esta merda. A taróloga que não acerta uma, fala de tudo o que passou (tadinha!) para ter um par de mamas novo, patrocinado por sei-lá-quem.

 

Parece que quem também passa por muita coisa são pessoas a quem são feitas mastectomias, por exemplo. Mas essas não aparecem com cara de idiotas em capas de revistas idiotas, a ostentar declarações ainda mais idiotas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por um fio de cabelo

por Bad Girl, em 03.02.09

Alguns homens tendem a acreditar que precisam de munir-se com histórias de vida semi-trágicas ou sobredotadas de interesse para levar uma mulher para a cama.

 

Ai que nunca te devia ter trocado pela minha actual mulher que, por mero acaso, é a mãe dos meus filhos.


Acabo de regressar de uma missão no Ruanda. Foi complicado, vi a minha vida em perigo muitas vezes. Principalmente quando fui resgatar aquele menino de 3 anos da tribo de canibais...

 

Ouvia-o já com algum desinteresse a relatar uma destas ou uma parecida. Não esperava ansiosamente o fim do jantar mas, honestamente, ele estava a léguas de me poder voltar a ter na sua cama. Foi então que tudo deu uma volta e um simples gesto conseguiu o que a vida amarga originada por um casamento tortuoso ou  mil órfãos do Camboja nunca iriam conseguir: olhou para mim, aproximou a mão direita do meu rosto e afastou um fio de cabelo que se tinha colocado estrategicamente no meio da testa. Só isso. Foi o suficiente para eu perceber que, apesar da verborreia egocêntrica, do "eu" constante, dos esquemas, dos malabarismos, a atenção se concentrava... em mim.

 

Escrito num dia qualquer do Verão passado. Há tanto tempo, que já não me tortura.E há tão pouco tempo, que não deixa de fazer sentido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o concerto de ontem...

por Bad Girl, em 01.02.09

Se um homem a pingar suor e com cheiro a cavalo corre na minha direcção, eu afasto-me. Esse homem até pode ser uma estrela da música. O suor até pode ser de estar há quase uma horinha aos saltos no palco. Couldn't care less. Há uma coisa que o tempo e a experiência me ensinaram: que não gosto de homens a cheirar a cavalo (ainda que sejam animais de palco) e que quando um cantor decide saltar do palco e invadir a plateia, há sempre uns quatro ou cinco mastodontes, a.k.a "seguranças", com cotovelos mais ágeis que os do Federer, atrás dele.

E já não tenho idade nem paciência para o semelhante. Por isso foi ver-me inverter o sentido de quase todo o resto da assistência, ao saltar para trás às duas passagens de Ricky Wilson por mim.

O concerto? Booooommmm.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D