Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A bosta carregada de moscas a que chamamos "jornais desportivos" deste país acerta em cheio nas coisas, mesmo quando os gases em forma de notícia que solta tendem a parecer autênticos erros tendenciosos e pejados de falácia.

 

Notícia digna de capa n'A Bola:

Sporting vai reforçar-se. Boa, bem precisam. E é para hoje? Não. Para amanhã? Não. Pronto, OK, para a semana que vem. Wrong again. É já para Janeiro, daqui a uns dois meses.

 

E a capa do Record?

Cardozo joga dérbi. Yupi. Uma oração de agradecimento à nossa senhora das bestas quadradas, que iluminou o único neurónio da pessoa que escolhe as capas desta bela peça para fazer pacotes de castanhas.

 

E então - perguntam os que ainda não perceberam - o que é que tu achas que devia fazer capa destes jornais - caso lhes pudéssemos chamar jornais, digo eu?

Nada que não isto. Absolutamente nada. Porque os senhores que redigem todas as pérolas lá cuspidas, já perceberam o óbvio: o facto de o Futebol Clube do Porto, campeão nacional e única equipa portuguesa a jogar na  Champions League, ter ficado apurado para a fase seguinte da competição, a duas jornadas do fim da fase de grupos, há muito que deixou de ser notícia. Passou a ser um hábito. Dos bons.

 

E agora vou às compras. Nada como um dia destes para meter o cartão de crédito a rasgar por esses POS fora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

What goes around, comes around

por Bad Girl, em 04.11.09

Deliciada. Foi assim que me senti ao ver uma campanha que passa por aí da Fundação para uma vida melhor. Não tivesse eu uma imagem a preservar e era menina para assumir um humedecer de olhos ao ver este anúncio em particular (lamento, versão brasileira foi o melhor que consegui arranjar). Se bem que, olhando para a embalagem da pílula me apercebo que é bem capaz de ser TPM. Adiante... só quem nunca foi vítima de bullying pode ficar indiferente a este spot. Digo eu, que cheguei a passar as passas do Algarve por causa de um bando de adolescentes mal formados que resolveram transformar alguns anos da minha adolescência num verdadeiro inferno. E não me lembro de ter havido nenhuma alma com mais educação ou carácter que tenha sido mais simpática para mim. Enfim, passados tantos anos, ainda me lembro bem de tudo. Mas também me lembro do desfecho. Como num filme americano, riu melhor quem riu por último. Quando as campanhas não resultam, é sempre bom saber que cá se fazem, cá se pagam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E agora, se me dão licença...

por Bad Girl, em 03.11.09

Vou ali à caixa de correio começar a responder a mails que tenho por lá há mais de mil anos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Podia, mas não era a mesma coisa.

 

Ia estar a comemorar exactamente o quê, hoje?

 

Só para vos pôr ao corrente: continuo a gostar do Hulk, apesar dos falhanços de hoje; continuo a não gostar do Jesualdo, apesar da vitória de hoje. E voltei a gostar do sapo, porque graças à Maria João já sei dar a volta às fotos para elas ficarem "em grande".

Autoria e outros dados (tags, etc)

... são mentecaptos, não são?

 

Ler o Correio da Manhã, seja em papel seja on line já não diz grande coisa das pessoas. Contra mim falo, que dificilmente passo um dia sem lá ir espreitar. Salto com descaso a parte de cima da página, onde estão as notícias de faca e alguidar, e vou directa para o suplemento mais interessante da imprensa nacional. Já aqui falei de todo o interesse que tinha este suplemento. Hoje recebi um mail da Carla (não tem blogue, não posso linkar) com o link para esta notícia e a sugerir que demorasse os meus olhos nos seus comentários.

Making a long story short, alegadamente a Cláudia Jacques ainda não recebeu 75% do valor contratado para a sua capa da revista Playboy. E o que têm os leitores do CM a dizer sobre o incumprimento do contrato por parte da revista? Basicamente que é bem feito. Isso. Acreditem ou não, no meio de uma crise, quando as pessoas se deviam solidarizar com quem não recebe o que lhe é devido, o que fazem? Batem palmas ao facto de a revista ter ficado a dever 15 dos 20 mil euros contratados. Acham bem, pois acham, os ranhosos coça-tomates que por aí andam, mortinhos por espetar com uma burca na mulher que lhes atura as frustrações diárias e que, sabe-se lá quantas vezes, foram esgalhar o pessegueiro para a casa de banho (com a revista na mão), enquanto a mulher (esposa, como ele gosta de dizer) trata de meter as crias, também elas ranhosas, na cama, enquanto continua a acalentar a esperança de dar uma à pressa e às escuras, antes de ir dormir. Depois há as gajas, as que comentam. Certamente flácidas e com o buço a precisar de um jeitinho, as invejosas do país acham que a Cláudia Jacques devia estar era em casa a tratar das filhas (descobri que a senhora tem filhas, o que lhe elogia ainda mais o corpo "sarado" aos 44 anos). Não admiro particularmente a Cláudia Jacques. Dela sei apenas que foi namorada do neto de Manoel de Oliveira e que se despiu para a Playboy. Ah!... e que tem filhas. Mas coisas como estas chateiam-me. Porque são demonstrativas do país mesquinho e invejoso que temos. Vamos lá, bando de iletrados (os pontapés na gramática são de cortar os pulsos com folhas de papel A4 reciclado), pensar em conjunto. Vocês metem a velocidade máxima e eu tento ir o mais devagar que conseguir:

 - A senhora foi convidada para posar nua para uma revista.

 - A senhora aceitou, mediante certas condições.

 - Foi assinado um contrato. Ela recebia 20 mil euros por esse trabalho (por muito que vos custe a engolir é um trabalho).

 - Alegadamente pagaram-lhe apenas 5 mil euros.

É só de mim, ou isto é um incumprimento de contrato?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre outros blogues...

por Bad Girl, em 03.11.09

Estou maçada. Entediada, aborrecida, zangada. Já insultei o joelho, o táxi onde deixei a compostura por causa da pancada, o taxista que bem me tinha dito que não valia a pena passar para o outro lado, era só esperar um bocadinho que o sinal fechava e eu já podia abrir a porta do lado da rua. Já tratei do Farmville (sim, eu tenho um Farmville, shoot me!) e já me pus ao corrente das notícias. Das que interessam e das que nem por isso. Já vi todas as actualizações de blogues no google reader e até já espreitei para as sugestões. Tudo para chegar a uma conclusão:

 - A maior parte dos homens que tem blogues usa o nome verdadeiro.

 - A maior parte dos homens que usa o nome verdadeiro no seu blogue tem muito para dizer sobre política, futebol e Saramago. Alguns têm coisas para dizer sobre a gripe A e outros (menos) falam dos livros que estão a ler.

 - A maior parte dos homens que escreve num blogue com o seu nome verdadeiro sobre política, futebol, e Saramago usa palavras compridas e espinhosas.

 - A maior parte dos homens acima referidos, a ver pelos últimos três (às vezes quatro) posts dos seus blogues são mais entediantes do que um discurso de Fidel Castro. Se vocês estão a pensar que Fidel Castro tem discursos interessantes, talvez devam ir espreitar o meu google reader. Dezasseis recomendações, uma aceite. De um homem. Que usa o nome verdadeiro. E que tinha um post sobre Saramago, um sobre futebol, e outro sobre política. Todos curtos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu estou só a avisar...

por Bad Girl, em 03.11.09

Hoje dei uma pancada com o joelho operado, e ele inchou como uma melancia. Também está da mesma cor. Das duas. Primeiro ficou vermelho e agora está esverdeado. E vocês com isso? Tudo. Como tenho de estar para aqui esticada com "banhos de gelo", resta-me o mau feitio, a neura, e o computador. Devem vir por aí posts de fugir. Pelo menos até começar o jogo do Porto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

RIP

por Bad Girl, em 01.11.09

Hoje por aqui chora-sea morte do senhor da rádio.

António Sérgio, o mestre, abandonou-nos hoje. A rádio perdeu o seu norte. Inigualável, insubstituível, genial.Que descanse em paz.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D