Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fim

por Bad Girl, em 30.11.06

Depois de quinze anos olharam um para o outro e já não tinham mais nada a dizer. Ela levou a mobilia, ele ficou com um colchão e a casa. Os olhos dele já não brilham quando fala dela. E eu deixei de ter uma referência.

Será que o amor existe mesmo? Que ele não é eterno eu já percebi...

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Sem sono como sempre a 30.11.2006 às 01:05

O amor existe! É bom! Vou voltar a amar!
Posso bater muitas vezes contra a parede, mas acredito até ao fim.
Sem imagem de perfil

De eagl a 30.11.2006 às 09:26

Existe, existe..... o que é preciso é saber tratá-lo ..... e não é fácil.... mas assim dá mais gozo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2006 às 09:30

15 anos é uma vida! Nao é eterno mas esses 15 anos mostram ao menos que existiu, acho que nao é possivel uma pessoa tar com outra tanto tempo sem haver amor...
Mas hoje em dia tá na moda é os amores de semana...
Sem imagem de perfil

De Stusssy a 30.11.2006 às 09:43

O amor é quase como as bruxas em espanha: "yo no las creo, pero que las hay, hay"....ai..ai....LOL...acho que esta frase define o amor perfeitamente e de uma maneira suficientemente abrangente para que toda a gente se possa identificar com a mesma.....

PS - eu não disse que todos eramos malucos, doidos ou loucos?? Eu não sou excepção
Sem imagem de perfil

De Atractor Estranho a 30.11.2006 às 10:22

É eterno enquanto dura...
Mas existe. ;)
Sem imagem de perfil

De Pitux a 30.11.2006 às 21:44

Pois. Eu cada vez mais chego à conclusão que, se o amor realmente existe, não é para sempre.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D