Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O principe, o galã e... o outro.

por Bad Girl, em 28.02.07

A minha teoria é que, já que temos que ser enviados para um ou outro lado do Mundo e forçados a trabalhar (quais marines a caminho do Iraque), pelo menos flirtemos o suficiente com os outros que também estão em terreno hostil, para que o tempo passe melhor. E há sempre muita oferta (muita não é o mesmo que boa), para que possamos distrair-nos.

O Príncipe: O homem mais giro do workshop não era só isso. Era também o mais bom e, pasmem-se!, o mais rico (ao que consta). No cocktail de Domingo ele já tinha ameaçado um "ataque", com uns olhares pouco subtis e uns sorrisos simpáticos. Eu, como sempre, fiz o jogo da pouco interessada. Até porque, a bem da verdade, estava mesmo pouco interessada. Entre a viagem e os sorrisos contínuos durante o cocktail e o jantar (que mais tarde se vieram a transformar em verdadeiros espasmos musculares, tal era a incidência deles nos meus lábios), estava com muito pouca paciência para fazer novas amizades. Por isso, a noite de Domingo foi apenas brindada com umas trocas de olhares. Já na segunda-feira ele não aguentou mais, e nem esperou pela hora de almoço. Decidiu vir meter conversa logo pela fresca. Dez minutos depois eu percebia que ele tinha tanto de giro, bom e rico, como de pouco interessante. Teoria que se veio a reforçar ao longo do dia. Por isso, tomei a decisão de lhe fazer como se faz ao peixe pequeno: atirar à água e esperar que cresça. Pode ser que ninguém o pesque antes de ele me voltar a cair na rede, já mais crescido. Claro que com todas aquelas qualidades, o rapaz deve estar pouco habituado a que um exemplar do sexo feminino não lhe ligue, e por isso brindou-me com mais sorrisos e piscares de olhos. Mas não teve sorte.
*
O Galã: Ao meter os olhos naquele italiano de gema, achei que podia ser divertida, a minha passagem por Roma. Sim, porque cá a vossa Bad não perde tempo com amostras de bad boys, e engraça logo com aquele que tem o ar mais "cosa nostra" do evento. O napolitano (mais ou menos giro, mais ou menos bom), com ar de mau e cheio de ares de conquistador não deixa a coisa por menos: escreve-me uma declaração de amor em frente à Fontanna di Trevi, e ainda me desenha o retrato sentado nas escadas da Piazza di Spagna. Vá, acalmem-se as românticas, que tudo isto me ia parecer demasiado disparatado e absurdo e ia ter direito a um virar de costas radical da minha parte, se não tivesse sido feito no meio de uma prova de Pedipaper, em Roma. Mas o segurar-me pela cintura quando eu meti o pé num buraco da rua, isso não fazia parte da prova. Contudo, faltava-lhe qualquer coisa, que ainda agora não sei o que é.
*
Assim sendo, e para fazer jus à resposta que eu dei ao Paolo, decidi investir o meu tempo, os meus sorrisos e as minhas piscadelas de olho não no mais perfeito, não no assim-assim, mas naquele que me fazia rir. E é sempre esse. Que eu escolhi, escolho e escolherei. Porque daqui a muitos anos, quando já não puder esperar um homem bonito, um homem bom, ou um charmant, e quando já me interessar muito pouco se o homem me faz ou não vir, é sempre bom que tenhamos ao nosso lado alguém que nos faça rir...

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De [ we ] a 01.03.2007 às 14:01

gostei! e juntar isso tudo?
o céu não exsite. não é?

mas olha que daqui a muitos anos podes vir bater aminha porta. se não já for pelo resto, sei que ainda te vou fazer rir :)
Sem imagem de perfil

De Pitux a 02.03.2007 às 12:46

Mas na entrada anterior nao falaste em ser engraçado ou interessante. :) Foi só em ser rico ou giro (ou não).
Sem imagem de perfil

De Vítor a 02.03.2007 às 17:35

Desde já, as minhas desculpas por não resistir a comentar o teu blog.
Ora aqui está um cantinho da blogoesfera muito interessante.

Em relação ao post, se posso comentar...

O riso É de facto o maior elemento de atracção que existe.
Haverá alguém mais interessante do que daquele(a) que não nos idolatra? Será possível nutrir amor por quem não tem o seu próprio jardim de geringonças para visitarmos?!

Muito bom blog, muito fresco e clear-minded.
Sem imagem de perfil

De eloi a 06.03.2007 às 10:22

Que engraçado... não és a primeira mulher que vi defender essa opinião!... afinal há esperança!! ;)
Sem imagem de perfil

De Pedro de Payalvo a 20.06.2007 às 21:46

tens razão... fizeste-me pensar numa coisa, os homens, gostam de uma Mulher que os faça rir, mas agora que penso nisso, nunca é dos primeiros critérios da lista, nem dos segundos, ou mesmo dos sextos...
Sem imagem de perfil

De a 30.08.2008 às 14:31

Já dizia o Mr. Big "No final elas ficam sempre com aqueles que as fazem rir."

Bjs Mts

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D