Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Glossário - O síndrome da mãe da noiva

por Bad Girl, em 13.07.08
Hoje tivemos uma pequena reunião de família na casa dos meus pais e, após uma tarde de convívio com a minha tia E., eu dei um nome àquilo que muitas mães têm. Chama-se síndrome da mãe da noiva e, orgulhosamente vos digo, fui eu que inventei (o termo). Já convivi com muitos estilistas, lojistas, caterers e floristas para perceber que este síndrome é real. Quem dá cabo das cabeças dos organizadores de eventos com merdices nos menus, detalhes de pôr uma folhinha de salsa aqui, e mais uma azeitona da dimensão "X" acolá? Quem grita a plenos pulmões com a florista que arranjou rosas em dois tons de amarelo diferentes mas cujas diferenças são praticamente imperceptíveis a olho nu? Quem exige mais um brilhante Swarovski na cauda do vestido, porque há um ponto que não foi preenchido no meio de sete milhões e meio de brilhantes iguais? Quem stressa antes do casamento? Quem verifica a lista de convidados doze vezes por hora antes do grande evento? Quem quer fazer as mesas? Quem visita o local do evento quatrocentas vezes, liga para o padre um milhão e só passa mais tempo a cuidar do vestido da noiva que do seu próprio? Quem arruína com a paciência, os ouvidos e o bem estar de tudo quanto é empregado de mesa durante a festa, porque aquela mesa não tem pão ou esta não tem vinho?
A mãe da noiva.
A mãe da noiva, senhores, convenhamos, é o stress em pessoa. Precisa muito que aquele seja o dia perfeito na vida da filha. O dia perfeito que ela idealizou, ela realizou, ela levou a cabo... a noiva, essa, na esperança de ser deixada em paz para poder escolher o destino de lua-de-mel, escolher os móveis da casa nova e, acima de tudo, ter sossego na cabeça, acena que sim e deixa-se arrastar no rodopio de escolhas entre tecido creme, bege e uma cor que ninguém sabe definir.

A minha tia, a oito meses do grande evento, está completamente afectada pelo síndrome da mãe da noiva. Já não há nada a fazer. É demasiado tarde. Tudo começa muitos anos antes. Tomemos a minha mãe como exemplo. Ora a minha santa mãe, como muitas outras mães, ainda não teve de passar essa prova de fogo. Já foi a mãe do noivo, mas nunca foi a mãe da noiva. Mas isso não a impede de ir ensaiando. Cada evento que organiza, cada vez que recebe pessoas... é um stress.

O síndrome da mãe da noiva, para quem o quiser identificar ainda no seu estado embrionário, caracteriza-se pelo stress desnecessário antes de um evento. Limpar ou arrumar coisas que já estão perfeitas. Quatro dias antes do evento (na melhor das hipóteses) começa a passar-se com toda a gente por tudo e por nada. E ninguém a compreende. Ela não explica mas, ainda assim, ninguém a compreende. Confere dezassete vezes cada rissol, organiza os camarões em linha, depois em círculo, depois em linha, repete algumas (milhões de!) vezes que se não for ela a fazer as coisas, nada acontece... Aconselho vivamente às filhas (os filhos estão livres disto) de senhoras assim (que são 98%) o casamento em Las Vegas. Ou a solteirice eterna. Tudo, mas tudo, menos terem de conviver com o síndrome da mãe da noiva no seu estado mais avançado.

Bad, depois de um dia de extrema actividade familiar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Comendador Antunes de Burnay a 13.07.2008 às 23:33

Bad, você vai...

(não, não pode ser...)
Sem imagem de perfil

De Alf a 14.07.2008 às 00:39

Ora bem: casamento em Las Vegas ou a solteirice (no meu caso divorciadice) eterna.

Como acho que vou ser obrigado a dar o nó lá terá que ser Las Vegas... Até porque a minha sogra tem todo "esse" potencial.
Sem imagem de perfil

De Joana Pestana a 14.07.2008 às 09:43

Não posso concordar mais contigo. Tudo o que dizes faz-me lembrar o meu casamento e ... o stress da minha mãe.
Sem imagem de perfil

De nando a 14.07.2008 às 10:36

lol

Por momentos pensei que a senhora que tanto te elgoia a competência profissional sofria agora desta "novo síndroma"...

Pensei... ah! A Bad vai deixar de ser bad! lol

;) parece que ainda não foi desta!...
Sem imagem de perfil

De nando a 14.07.2008 às 10:36

lol

Por momentos pensei que a senhora que tanto te elgoia a competência profissional sofria agora desta "novo síndroma"...

Pensei... ah! A Bad vai deixar de ser bad! lol

;) parece que ainda não foi desta!...
Sem imagem de perfil

De Maria Inês a 14.07.2008 às 12:37

Bad, se me permites... "beije" é do verbo beijar, a cor escreve-se "bege"...
Desculpa lá, eu sei que as pessoas no geral odeiam que as corrijam e sei isso porque tenho a mania super chata de o fazer... (ups)

Mas aproveito para dizer que se me enganar sintam-se à vontade para me corrigir. ;)

E espero que quando me casar (daqui a muito tempo... lol) a minha mãe não sofra disso! =)
Sem imagem de perfil

De Ana Luisa a 14.07.2008 às 16:53

E verdade mais verdadeira não há!Ainda me lembro do meu que ao chegar a casa depois de me levantar ás 6h da manhã para cabeleireiro e afins e já vestida resolvi tirar as luvas para comer um croquete (ainda estava em jejum ás 11h da manhã) e levei um raspanete da mamã porque me ia sujar!Mas felizmente o meu fui eu quem organizou tudo e apesar do stress dela manteve-se sempre no seu lugarzito, só no dia é que estava mais nervosa que a filha. LOL
Sem imagem de perfil

De Sofia a 15.07.2008 às 18:43

A minha até esteve calminha. Pelo menos, em comparação com o que aí descreves! Sem stress com as flores, nem com o local, nem com o vestido da noiva. Já a roupa dela foi uma crise. Estava a ver que ia nua!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D