Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ir com os porcos

por Bad Girl, em 18.12.08

Tendo voltado à minha cabeça a ideia peregrina de parar com o uso de palavrões, decidi trocar subtilmente a expressão "Foi com o c@r@lhinho" por uma igualmente intensa. Saiu-me um "Foi com os porcos" que, ao contrário da anterior, à qual o mundo que me rodeia já se tinha vindo a habituar, chocou os presentes.

Esta gente nunca está satisfeita com nada...

Lá tive eu de explicar aos católicos de meia tigela que estavam presentes que "Ir com os porcos" tem uma base bíblica.

Mateus 8:31 E os demónios rogavam-Lhe, dizendo: Se nos expulsas, manda- nos entrar naquela manada de porcos.

Mateus 8:32 Disse-lhes Jesus: Ide. Então saíram, e entraram nos porcos; e eis que toda a manada se precipitou pelo despenhadeiro no mar, perecendo nas águas.

Eles acreditaram? Não me parece. Acharam que eu inventei tudo. Que o Senhor tenha mandado a maldade com os porcos, ainda vá. Agora a Bad saber coisas da Bíblia? Nã...

 

Em suma, Deus manda os porcos para o abismo, e eu tenho de continuar a dizer que as pessoas foram com o c@r@lhinho.  É que antes de criticarem já se informavam, não?

 

Esta blogger é uma caixinha de surpresas, não é?

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Sem imagem de perfil

De nemogeleia a 18.12.2008 às 01:41

:) :)
Muito bom de ler..já sorri que é bom sinal
Sem imagem de perfil

De semsonocomosempre a 18.12.2008 às 04:24

lololololol

Este post tinha mesmo que comentar!!

Fui!
Imagem de perfil

De Miss G a 18.12.2008 às 08:20

Parece-me que tens de expulsar essa ideia da tua cabeça: é muito mais fácil e rápido ficar pela expressão original. Ou ainda corres o perigo de pensarem que andas em missão a espalhar a palavra de Deus.
Sim, és uma bela surpresa!
Sem imagem de perfil

De Alf a 18.12.2008 às 08:36

Pois... Já lá dizia o outro: para f@der os demónios ficamos nós sem bifanas...
Sem imagem de perfil

De Inês a 18.12.2008 às 08:36

Bolas, podes crer!
Sem imagem de perfil

De niagara a 18.12.2008 às 10:28

Isto... não sei se será da epoca natalina (ou um sinal do fim dos tempos, quiçá) mas o povo anda todo a modos que religioso e a dar no fólio. Cada caso é um caso, mas eu creio que há uma diferença significativa entre ambas as expressões. No primeiro caso eu não costumo dizer "ir com o c@r@lhinho"; é mais "ir para o c@ralhinho", que deixa portanto de ser uma companhia - com toda a carga afectiva que isso implica - e passa a ser um sítio, um lugar eventualmente com alguma proximidade geográfica à "casa do c@r@lho mais velho".
No segundo caso, "ir com os porcos" é isso mesmo. O porco é o animal impuro na tradição Judaica, a tradução para vernáculo actualizado seria mais ou menos um "ir à merd@".
Bad, tenho que deixar uma nota de desacordo: não largues o vernáculo. Apura-o. É muito nosso, e as tradições não se podem deixar morrer. Em vez do desgastadíssimo (pelo uso) "vai-te fod*r", podes sempre dizer um "prezo muito que te vás fod*r". Eclético, fino e com muita classe.

:)
Sem imagem de perfil

De Gata2000 a 18.12.2008 às 10:52

Desde de há uns meses para cá que leio com frequência o teu blog, e as coisas que eu tenho aprendido contigo, fazem-me continuar a lê-lo!!
Sem imagem de perfil

De McSleepy a 18.12.2008 às 13:59

Só tenho uma coisa a dizer: fod@-se!! Esta miúda é uma caixinha de surpresas!!! E logo eu, que adoro fundamentar os meus princípios agnósticos com passagens da bíblia...
Keep up the go(o)d work!!!
Sem imagem de perfil

De sandra a 18.12.2008 às 14:46

a expressão é bíblica portanto toca a usá-la :)
Sem imagem de perfil

De Dry-Martini a 18.12.2008 às 16:06

Apesar de me parecer muito mal perder essa expressão (quase charmosa) do ***alinho sugiro-lhe que termine a nova expressão dos porcos substituindo o dito animal por um diminutivo porquinhos e acabando com um baby. É que sempre pode transferir a coisa da biblia para a Disney .)

XinXin Baby

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D