Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Eu sei que tenho um feitio um bocadinho retorcido. E que tenho pavio curto, e que me irritam as coisas que, à maior parte das pessoas, passa ao lado. Nas viagens dos outros, por exemplo, há para mais de mil coisas que me tiram do sério. Um destes dias escrevi no Facebook, enquanto esperava no aeroporto de Praga, "O português é um bicho muito engraçado. Dá tudo por viajar em excursão, repete a mesma piada a todos os excursionistas e pronto, está eleito o líder da excursão.". Isto das excursões dá-me cabo da serenidade. Se conseguir coordenar as vontades de duas pessoas é, para mim, uma quase questão de nervos, imagine-se só ir atrás dos sabores de 10 ou 15 pessoas. Até porque eu tenho aquela tendência para a liderança (a bem ou à força), e a coisa (a acontecer), haveria de dar para o torto. Bem, mas à frente, antes das excursões, ainda há o "conhecer casais". Eu juro, quando alguém começa o relato das férias com "conhecemos um casal" ou "ficamos amigos de um casal", até os pêlos do fundo da cabeça se me arrepanham. É uma prática comum, sobretudo nas férias de resort. Vamos de férias, somos um casal muito apaixonado mas, pelo sim, pelo não, vamos conhecer um casal, porque já não aguentamos olhar para a cara um do outro. E depois vamos sempre para a praia juntos, guardamos lugares ao lado dos nossos na piscina, combinamos horas para jantar, para passear... A mim ninguém me tira da cabeça que, se vão de férias para "conhecer casais", o objectivo é swingar. Claro que depois se acagaçam e pronto, ficam só amigos para trocar fotos quando chegarem à terra. E aquelas criaturas que calcorreiam cidades empinadas em saltos altos? E maquilhadas? Como pode, minha gente, como pode? Admiro-lhes a coragem e invejo-lhes as fotografias de férias, a bem da verdade. Mas se já me custa tanto sair da cama (principalmente no primeiro dia de férias, que nos levantamos quase de madrugada, não vá a cidade fugir), arrastar-me para o banho, calçar umas sapatilhas ou umas botas de salto raso (principalmente depois do segundo dia, que os pés já são batatas) e sair do hotel, alguma vez me imagino a usar saltos e maquilhagem? Está bem que depois não consigo mostrar as fotos a ninguém, porque a minha cara aparece tão pior quanto mais dias de férias tem em cima. Por isso espetarei aqui fotos de muita gente. Com as minhas não contem. Para além desta.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D