Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




(Os nomes são, obviamente, fictícios...)

por Bad Girl, em 25.07.11

Eu não sou queridinha. Não sou amorosa, pegajosa, cheia de lamechices ou dengosa. Não sou de coisas românticas, e Deus me livre de ser "fófi". Hoje estava a trabalhar em conjunto com um colega na secretária do mesmo, quando ele se ausentou. Trinta segundos depois o telefone desata numa chinfrineira e a palavra "Amor" começa a piscar incessantemente à minha frente. Quando ele regressa, lá decide Sô Dona Bad fazer a piadinha, com um risinho sarcástico:

 - O amor fartou-se de chamar por ti, mas ninguém lhe respondeu.

O moço fica embaraçado e, em sua defesa, sai outro colega, que diz logo:

 - Então, eu tenho a minha mulher como "Queridinha"... como é que tu tens o nome do teu namorado no teu telefone?

 - Bráulio.

 - Bráulio? Só assim?

 - Não. Bráulio Aurélio. 

 

Causa-me uma espécie de todo o tamanho esta coisa dos "Querido" e dos "Amor" no telefone. Para muitas pessoas pode ser uma coisa de simples gestão. Mas, a mim, exige racíocinios do género:

Eu conheço o Bráulio Aurélio, e ele dá-me o número de telefone. E eu registo como "Bráulio Aurélio". Entretanto, beijo para cá, amasso para lá, e lá troco o nome por "Amor". Depois zangamo-nos e eu, enraivecida, troco o nome para "Besta". Serenados os ânimos, volto a chamar-lhe "Bráulio Aurélio". No meio disto, conheço o Eurico Presbítero, que também me dá o número de telefone. Que terá o seu nome associado. E cá vai disto, escalope no escalope, lá vem mais um "Amor". É assim? Ou um é "Amor", o outro é "Querido" e o outro é "Fofo"? E quando é que deixam de o ser? Quando a relação acaba? Quando o amor acaba? Ou quando a raiva aparece? É muita confusão para mim. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D