Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Borá lá a isto...

por Bad Girl, em 30.09.13

Num programa que eu não pretendo ver nunca (a pessoa tem limites e a Casa dos Segredos marca a minha fronteira), Manuela Mora Guedes meteu água. Mas não foi meter água assim um bocadinho, foi meter água em dimensão Oceano Atlântico. A produção inventou um provérbio e Manuela Moura Guedes explicou, em estado de sobre condescendência, à concorrente, o provérbio "Dezembro frio, calor no estilo" provérbio que, por muitas fontes que Manuela Moura Guedes insista em arranjar, não existe. Manuela vai mais longe. Manuela considera que “O que me parece de um ridículo é fazer considerações sobre gaffes e coisas afins partindo do princípio que "estio" não faz parte do vocabulário de qualquer português com uma formação académica normal. Valha-nos esta erudição!”. Ora a coisa da magreza extrema deve ter chegado ao cérebro da Manuela, e há aqui uma coisa que me parece importante de elucidar (alguém tem de o fazer, e eu estou de uma generosidade imensa): as considerações sobre a gafe (eu não fiz, só vi partilhado no Facebook e, como achei que não era grande surpresa vindo de quem vem, nem achei importante opinar sobre a dita, mas a persistência na mesma "aleija-me" a alma) eram sobre a gafe. Eram sobre o facto de a produção ter arranjado um provérbio e da Manuela o ter explicado até à exaustão, como se ele existisse de verdade. Fazer da defesa o ataque é só para quem sabe e a Manuela, claramente, não sabe. Deixa lá, Manuela, o Vítor Pereira também não sabe e safou-se. De volta à explicação, Manuela, as pessoas que falaram da gafe não descobriram a palavra "estio" graças a ti e à produção. Até porque graças a vocês só descobririam a palavra "estilo". A coisa do provérbio popular é isso mesmo: vem do povo. E disparar na direcção da pouca audiência que temos, em vez de assumir o erro e dizer que acontece, que é humano (mas, vai daí, serás tu?),e fechar o capítulo, alimentas a polémica, que, bem vistas as coisas, cada um faz o que gosta, sempre que pode. Aproveitando a onda, gostaria de informar os novos ditados que encontrei (tenho fontes que comprovam a sua existência, sendo um deles este blogue e outra o meu MQT) na minha cabeça, onde existem meses e coisas associadas ao estilo. Nuvens em Setembro: botas em Novembro e galochas em Dezembro. Em Setembro, ardem os montes, secam-se os cabelos. Agosto tem a culpa, e Setembro leva as sandálias. Maio pardo e ventoso faz os saldos virem mais cedo. O hábito não faz o monge estar na moda. Um olho no burro, outro no cigano para comprar pólos Hugo Loss. Quanto à Manuela, e já que parece que ela é erudita e até deve falar línguas, cá vai um em estrangeiro, que faz jus à situação: Denial is not a river in Egypt... A fonte aqui: http://www.noticiasaominuto.com/pais/111395/manuela-moura-guedes-desmente-gaffe-no-facebook#.UknjGee9KSM

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D