Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Desta vez foi na aletria.

Se atentarem na imagem há cabeça, há bracinhos, há uma perna direita, há uma perna puxada atrás e há uma bola.

 

A mensagem parece-me óbvia: vamos arrasar no Euro 2012. Caso o universo não considere esta interpretação válida e/ ou discorde de algum ponto desta leitura, queira fazer o favor de mandar mensagens escritas.

 

Caso o universo não esteja a enviar-me mensagens e aquilo seja apenas um bocado de aletria agarrado a uma colher, maluca é o raio, está bem?

Tirando do contexto...

por Bad Girl, em 29.12.11

De maneiras que foi assim: a J. ligou-me a pedir um "Nenuco" emprestado para levar a uma festa (façam como eu, não perguntem). Eu virei a casa da minha mãe de pernas para o ar e lá desencantei o "Nenuco".Fiquei de o levar amanhã para o trabalho (!) e ela de passar por lá para o ir buscar. Duas horas depois a J. liga-me, informando que a avó do C. morreu e que ia ao velório. Disse-lhe que ia com ela (ao quinto velório de toda a minha vida). Combinamos que ela me dava um toque e eu saía de casa. Aproveitava e levava-lhe o "Nenuco". Deu-me o toque. Eu saí. Carteira debaixo de um braço, "Nenuco" debaixo do outro. Nem sinais dela. Passam carros. E pessoas. A vizinha da frente lá mete conversa:

 - Então, menina, na rua com este frio?

E eu, carteira debaixo de um braço, "Nenuco" debaixo do outro, respondo-lhe o óbvio:

 - Vou a um velório.

 

A J., essa, tinha ficado presa num semáforo. 

Quero partilhar convosco que esta minha longa ausência das lides blogueiras não se deve:

1 - ao facto de eu estar a ficar velha e com problemas de inspiração

2 - ao facto de eu trabalhar como uma camela 

3 - ao facto de eu ter substituído a hora de escrever no blogue pelo visionamento da "Casa dos Segredos".

 

Não. Estou viciada, adicta, dependente do "Portal da Queixa". O "Portal da Queixa" é um site que enche as medidas dos portugueses. E porquê? Porque os deixa reclamar, reclamar, reclamar e, no fim... isso!

 

Vou partilhar convosco algumas pérolas encontradas por lá. Como já é habitual neste blogue, a preto o original (ipsis litteris) e a pink os meus comentários. Que não chegam aos calcanhares dos originais, evidentemente:

 

"boa tarde ,estou muito chateada e para mais gravida - sendo que estou também um bocadinho chateada por estar grávida, ainda para mais que tenho uma unha encravada. hoje na parte das refeiçois (do comer, percebem?) tirei o meu tique e esperei pela minha vez (tirei o meu tique e fiquei à espera da minha vez. Taque.). mas aconteceu o seguinte que ja nao e pela primeira vez que acontece (é, portanto, recorrente). tiro o tique (taque, tique-taque)e espero ,no entanto tem muita gente que desiste e vai se embora mas deixa o tique em cima do balcao ou numa mesinha ou pe dos tiques e depois as pessoas que veem a seguir pegam nos tiques e passam a frente e nao acho justo que essas pessoas nao esperam pela sua vez (vírgulas? Toma lá, Saramago), como as outras pessoas tao a espera devia ter sempre alguem dos funcionarios por perto a fazer revisao para que nao teja sempre a acontecer (fazer a revisão da ordem dos tiques. Porque ela está chateada, para mais grávida, sabe que as pessoas pegam nos tiques e não é capaz de agarrar um tique que fique solto). terceira angra heroismo (terceira, porque houve duas que sacaram tiques de pessoas que desistiram)."

 

"Sendo eu cliente TMN deste serviço desde Junho 2011, venho desta forma reclamar que todas as facturas emitidas até a data de hoje se encontram erradas, e são cobrados valores que não representam a realidade do serviço sobrescrito É que no envelope (sobrescrito) vem uma coisa mas, na carta que lá vem dentro, é outra."

 

"Adquiri a 27-05-2011 uns sapatos na LANIDOR da Av. da República tendo vindo a constatar, poucos dias depois, que os sapatos, nomeadamente o interior (o exterior, estranhamente, não magoa), provocam um extremo desconforto na sua utilização, bem como feridas, bolhas e sangramento.

Munida de total confiança, que tinha na LANIDOR, dirigi-me às instalações solicitando a troca do produto por outro de igual, ou superior, valor (só para eu ver se entendo, porque às vezes o meu cérebro bloqueia perante a estupidez alheia: compraste os sapatos. Andaste com eles na rua, transpiraste, ganhaste bolha, sangraste e... querias que a loja ficasse com os sapatinhos e ainda desse um bónus, pela mais valia da conspurcação dos mesmos... é isso?). De forma inesperada esta troca foi-me recusada pelos sapatos já terem sido usados (não, espera... eles tiveram a ousadia de não trocarem sapatos com chulé? Que coisa ultrajante!) (não sei como se poderia detectar esta situação sem os usar até à exaustão) tendo-me sido oferecida apenas a solução de reclamar verbalmente (sem se rirem, acho que é importante referir), acto do qual me foi entregue um talão comprovativo. Infelizmente o material do talão deteriorou-se e não tenho como partilhar o ridículo desta situação (Há gente sem sorte nenhuma. Ora é o sapato que magoa o pé, ora o talão que se deteriora. Sempre podias ir lá com o talão deteriorado, pedir que te trocassem por um de igual ou superior valor."

Ontem coloquei os discos do fogão na banca. Deixei-os por lá uma meia hora e, quando os fui buscar, os céus tinham decidido mandar-me uma mensagem:

 

Não sei bem se era Jesus se o Michael Jackson. Pelos lábios, ainda podia ser a Angelina Jolie, que de viva já vai tendo pouco. Logo quando ia chamar a TVI veio um senhor com um pano absorvente e limpou a imagem do Messias. A mensagem cá ficou: metes-te nas limpezas, começas a ver coisas. Pelo sim, pelo não, não vou limpar mais nada nos próximos 2 meses. Ainda me aparece o Kim Jong-Il.

 

...

por Bad Girl, em 12.12.11

Eu gosto de restaurantes. Gosto de tascas onde se come maravilhosamente, gosto de restaurantes pedantes onde a comida é escassa e o serviço principesco, gosto de restaurantes originais, gosto de restaurantes tradicionais, gosto de pratos novos, com criatividade, de pratos tradicionais, com sabor. Gosto de restaurantes. Gosto que os restaurantes tenham um carácter próprio, que sejam originais... mas sempre entre a cozinha e a sala. Deixem a criatividade longe da casa de banho, por favor. Ontem, mais uma vez, lá fui eu visitar a casa de banho dos homens de um restaurante. Ao contrário de vezes anteriores, não estava lá ninguém e eu não passei uma vergonha do tamanho de Marte. Vamos lá perceber uma coisa: a pessoa quer fazer xixi (ou apenas lavar as mãos). Pode ir nas calmas, mas também pode ser uma urgência. Voltemos atrás no tempo, digamos ao dia de ontem. Imaginemos que vocês são uma pessoa que faz anos e que vai almoçar fora. Antes disso, porém, decidem ir à reciclagem. Obviamente espetam com um bocado de molho de tomate na mão antes de colocar a embalagem do mesmo no respectivo vidrão. Limpam o que podem, mas a mão fica peganhenta. Rezam pela chegada ao restaurante, para se livrarem do sebo. Chegados ao restaurante, correm escada abaixo, seguindo a sinalética da "casinha", fazendo tudo comme il faut, entram quando vêem uma porta aberta, havia lavatórios, lavam as mãos, saem e...

Caramba, devia haver duas portas... Disfarçado na parede, an itsy bitsy tiny winny puxador indicava a existência de outra porta. Afastei-me dois passos e foi "claro como água": os livros da porta esquerda, que eu trespassei para lavar as mãos, tinham títulos masculinos. Os livros da outra porta, a que eu devia ter aberto, tinham títulos femininos. Duh! E quem diz livros diz silhuetas. Quadros. Símbolos. Insinuações. Charadas. Mosaicos. No que toca às necessidades básicas do ser humano, KISS*. Não apareçam com originalidades ou enigmas. É xixi. É cocó. É lavar as mãos. Homens. Mulheres. H. M. É simples. Não compliquem.

 

*KISS - Keep It Short and Simple a.k.a. Keep It Simple, Stupid.      

Priceless

por Bad Girl, em 11.12.11

Impagável é a cara das senhoras e dos senhores das farmácias quando eu pergunto:

 - Tem óleo de fígado de bacalhau?

 - Sim.

 - Mas em xarope. Tem de ser em xarope.

A resposta vem numa cara de quem pensa: Que cabra de mãe tu deves ser...

Explicar que é para a cadela? Soa a desculpa, não soa? 

Fácil de entender

por Bad Girl, em 08.12.11

Cheguei a casa com um sorriso de orelha a orelha e não levei nem 30 segundos a partilhar a minha compra com o MQT: um par de leggings a lembrar couro, um desejo antigo de armar em rock star (deixem-se dessas merdas de "Ai, leggings a imitar couro? Não acho que faça o teu estilo..." - vocês sabem lá qual é o meu estilo. Vocês não me conhecem!...). Claro que ninguém chega a casa feliz com a compra de leggings, apenas. Havia também uma túnica que acaba um palmo acima do joelho para completar a indumentária. Faço a mise en scène, preparo-me para ouvir um piropo e, em vez disso, ouço o seguinte:

 - Isso é para andares na rua?

 - Não, querido, é para quando estiver a aspirar a casa.

 - Mas tu estás vestida como as pessoas com quem nós gozamos.

 - Não. Essas andam de leggings e sem nada por cima.

 - E tu queres andar de leggings e de camisola por cima.

 - Túnica.

 - Não importa. Andas de meias e camisola.

Inspira...

Expira...

Inspira...

Expira...

Inspira...

Expira...

 - Isto são meias?

 - São.

 - Então espera aí.

... (tempo de trocar a túnica por um vestido)

 - Então e agora?

 - Agora estás de vestido e calças.

WTF????

 

 

Pronto. É assim, o meu MQT. Fácil de entender.

No fashionistas...

por Bad Girl, em 05.12.11

Cá em casa não somos fashionistas. Acima de tudo, falta-nos tempo para praticar o fashionismo. Eu sou incapaz de acordar uns míseros cinco minutos mais cedo para o que quer que seja. Gostava de me pôr linda e fresca, e de posar para uma câmara malandra que me espreitasse à saída de casa, à entrada de casa, no jardim, no quarto ou no escritório, sempre com um ar de "ah, seu atrevido, apanhaste-me!". Mas não. Falta-me o jeito, a fotogenia, a vontade e o tempo. Ainda que eu decidisse fazer isso do levantar mais cedo apenas uma vez, só para experimentar, sei que a coisa não ia colar. Eu, que discuto com a minha alma a validade das desculpas que o meu cérebro vai inventando para não ir trabalhar, nunca seria capaz de guardar cinco minutos para me debater com o som do obturador, numa de "Bad, de mão na cintura e calcanhar de um dos pés levantados, com um ar completamente blasé...".  

Posto isto, a prova de amor que eu espero do meu MQT não passa por uma sessão de fotos matinal diária mas sim o envio de MMS deliciosos, como este:

 

Quem não tem "Taparué" paga mais € 0,50.

...

por Bad Girl, em 01.12.11

 

Vejam o vídeo. Se, depois disto, acharem que têm o direito de (continuar a) comprar cremes ou batons ou lápis dos olhos de marcas que fazem isto aos animais, continuem a fazê-lo. Porque, se por leviandade ou por indiferença o fazem... só podem mesmo tentar melhorar o exterior, porque o interior já nem sequer há-de ser feio, há-de ser podre.  

 

As listas aqui

 

Não me apetece ser politicamente correcta, compreensiva ou condescendente. Lamento. A situação não merece.

 

Da TPM

por Bad Girl, em 28.11.11

A cadela com TPM, não come, não reage a gatos, a outros cães ou a biscoitos. Deambula, cabisbaixa e em câmara lenta, pela casa.

Eu de mala feita.

MQT, entre dentes: "Pois, tu vais passear, e eu que fique aqui com a trombuda!". Homens. Não entendem.

 

 


Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D