Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ai, Portugal, estás tão mal...

por Bad Girl, em 06.02.15

Breve passeio pelo mural de Facebook onde alguns sites de jornais partilham notícias. Respirar fundo. Ganhar coragem para ver os comentários e perceber, logo ali, a razão que leva este país a estar numa crise profunda:

 

Notícia 1:

Doente com Hepatite C pede ao Estado que não o deixe morrer. Comenta-se o telemóvel do doente. Que não se pode queixar. Que quem tem um iPhone novo não pode ousar pedir ao Estado que trate de si. Ainda que o fármaco que pede o doente custe assim umas 70 vezes o que custa o telefone. E que, a bem da verdade, os cidadãos tenham direito a cuidados de saúde. Não queremos saber. Somos mesquinhos, pequeninos e sobredimensionamos minudências subdimensionando coisas importantes.

 

Notícia 2:

Na Arménia uma mãe quis abandonar o seu filho, nascido com Trissomia 21. Parece que é o que se faz por lá. Perante a recusa do pai, esta atirou-lhe com uma ameaça de divórcio. Ele aceitou o divórcio e pediu ajuda. Juntou 200.000 dólares. Comenta-se que anda por aí muita mãe que criou os filhos sozinha e nunca pediu ajuda  ninguém. Bate-se no peito, "eu fiz isso também!". Bate-se no ceguinho: este pai não é herói, este pai fez o básico. É, quando muito, um inútil que andou a cravar dinheiro para criar o filho. Somos grandes, todos heróis, somos os maiores. Quando fazemos somos os melhores, quando os outros fazem, não fizeram mais do que era suposto.

 

Notícia 3:

Modelo portuguesa desfila para a Chanel. Qual portuguesa qual quê, a miúda é moldava. Lá porque veio para cá aos cinco anos, andamos agora a dizer que é portuguesa, somos mesmo deslumbrados. E feia, ainda para mais miúda é feia, e tem monocelha (era maquilhagem, vão por mim). É magra que dói (só se lhe via a cara, vão por mim também). Somos invejosos. Lidamos mal com o sucesso dos outros. 

Para onde vai um país que não se indigna com a falta de cuidados a um doente, que não sente alegria porque um pai fez o que uma sociedade inteira não faz e que não sente um bocadinho de orgulho por ver um rosto (bonito e com duas sobrancelhas) ter sucesso? Não sei para onde vai, mas não vai chegar a bom porto, certamente. 

 

1462857_1548201175443323_7340333801560109719_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Ao contrário da maior parte das pessoas, não vou pôr-me com falsas modéstias: sou gira, sou inteligente, sou interessante. Mas também sou Má... como todas as mulheres, não é? Como perceberão com as leituras, e como este é um reflexo de mim, naturalmente tenho um blog bipolar!

 

Algo a dizer? BAD MAIL

badgirlsgoeverywhere (arroba) gmail.com

Bad face

Bad Girls go Everywhere - Blog

Promote your Page too

Importa lembrar, sempre


www.freetibet.org


(nem sempre consigo creditá-las. Serão retiradas se alguém se sentir lesado)

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

(de borla, pelo menos...)

From Geek in Pink